Avançar para o conteúdo principal

Congregação do Espírito Santo

Edifício, na actualidade, dos Missionários da Congregação do Espírito Santo, situado no Bairro das Ursulinas, Viana do Castelo.

"O antigo convento das Ursulinas, fundado em 1773, passou em 1922 a pertencer á Congregação do Espírito Santo para acolher os seus seminaristas. Até 1951 foi o único Seminário maior onde se ensinava a Filosofia e a Teologia, tendo havido um breve período (1941-1947) em que o curso de Filosofia se fez em Braga (Fraião). Em 1952 o curso de Teologia foi transferido para o Seminário da Torre d'Aguilha (Cascais). A partir de 1956 e até 1981, o Seminário de Viana do Castelo passou a ser Seminário menor para adolescentes do ciclo preparatório.
São mais de 225 os Missionários Espiritanos que fizeram parte da sua formação neste Seminário.
Depois de obras de restauro na década de 1980, o Seminário de Viana do Castelo é constituído por uma comunidade espiritana que colabora e faz animação missionária da Igreja local e por um grupo de missionários mais idosos cuja vida dedicaram, de alma e coração, à Missão da Igreja".

O texto foi retirado do site www.espiritanos.org


Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Mercado dos Descobrimentos, o novo formato da Feira Medieval, vai realizar-se em junho

A cidade de Viana do Castelo vai recuar 500 anos de 15 a 18 de junho, até ao período dos descobrimentos portugueses, o novo formato da Feira Medieval para aproximar ainda mais a população e os visitantes da história de “Vianna da Foz do Lima”. O primeiro Mercado dos Descobrimentos a realizar-se em Viana do Castelo, pretende ser um espaço de animação e convívio, criado com o objetivo de dar a conhecer ao público residente e visitante, hábitos e costumes característicos da Época dos Descobrimentos. Deste modo, é intenção da VianaFestas recriar um ambiente que nos irá transportar para a Vianna da Foz do Lima, numa época em que o porto desta villa assumiu um papel importante com trocas comerciais, explorando assim a diversidade cultural e gastronómica. Num novo cenário, e continuando-se a fazer uma ligação com o centro histórico desta cidade, o Mercado dos Descobrimentos será realizado no Forte S. Tiago da Barra e na área envolvente. Pretende-se assim, com este evento atingir objetivos lúd

Romaria d’Agonia 2023, de 14 a 22 de agosto

A Romaria d’Agonia vai realizar-se em 2023, pela primeira vez, em nove dias de festa, de 14 a 22 de agosto, face à cada vez maior afluência, distribuindo os vários quadros já emblemáticos, e como forma de potenciar a atração turística de Viana do Castelo. “A festa já se tornou tão grande que justifica mais dias, para podermos dedicar mais atenção aos quadros principais e evitar dias de concentração de vários eventos e até de sobreposição. Espaçando esses quadros será possível dar-lhes mais visibilidade e ao mesmo tempo permitir a quem nos visita poder também usufruir de Viana do Castelo”, explica António Cruz, presidente da Comissão de Festas da Romaria da Senhora d’Agonia. O arranque da festa em 2023 será dado a 05 de agosto, sábado, pelas 16h00, com a abertura da XXI edição da Exposição/Feira de Artesanato da Romaria d’Agonia. O programa oficial de nove dias começa a 14 de agosto, segunda-feira, com a Praça da Música, na Praça da Liberdade, pelas 22h00. Nos dias 15 e 16 de agosto os

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

ANTES e AGORA: tirar fotos do presente para comparar com o passado

Os anos passam, as paisagens e os lugares mudam, umas vezes para pior, outras para melhor. Par de imagens para comparar deste panorama de Viana do Castelo.

Elevador de Santa Luzia de “roupa” nova, para celebrar o 100.° aniversário

As duas carruagens ganharam um novo visual, apresentando-se agora com nova pintura, diferente da anterior. A lotação de cada carruagem é de 24 passageiros, onze sentados e treze em pé, e, reduzindo estes, podem ser transportadas pessoas em cadeiras de rodas, carros de bebés e duas bicicletas.    O elevador de Santa Luzia foi construído por iniciativa do empresário e engenheiro portuense Bernardo Pinto Abrunhosa e inaugurado a 02 de junho de 1923.