Avançar para o conteúdo principal

Caravana antecipou festejos da Sr.ª da Agonia

Dezoito anos depois, a Volta a Portugal em Bicicleta regressou a Viana do Castelo! Foi a décima primeira chegada da prova à cidade no historial das 72 edições. Desde cedo que A «Cidade da Volta» se instalou na Avenida Campo do Castelo e depressa se fez ouvir antecipando, desde já, o ribombar dos Zés P’reiras, as danças dos Gigantones e Cabeçudos e toda a grande animação da Rainha das Romarias portuguesas, as Festas da Senhora da Agonia que têm expoente máximo a 20 de Agosto. As cores do ciclismo engalanaram Viana do Castelo.
Neste sábado de calor, a cidade vibrou com a chegada do pelotão manifestando de várias formas um enorme carinho para com a Volta.Já passaram vários anos desde que a competição terminou aqui mas o tempo não apagou da memória de muitos vianeses aquela tarde de Agosto de 1992 quando Pedro Silva (Sicasal), mais uma vez, bateu a concorrência ao sprint obtendo mais um triunfo para um longo palmarés de etapas ganhas em chegadas agrupadas.

Lista dos últimos vencedores em Viana do Castelo:
1950 (15ª Volta): Braga-V. Castelo, 142,1 Km., Joaquim Pascual (Barcelona)
1956 (19ª Volta): Vila do Conde-Viana Castelo, 48 Km., Onofre Tavares (FC Porto)
1985 (47ª Volta): Mondim Basto-Viana Castelo, 123 Km., Manuel Neves (Guimarães)
1990 (52ª Volta): Mondim Basto-Viana Castelo, 152,8 Km., Pedro Silva (Boavista)
1992 (54ª Volta): Felgueiras-Viana Castelo, 179,9 Km., Pedro Silva (Sicasal)

Viana, um brinco de ciclismo

Viana do Castelo apesar de ter estado afastada da Volta a Portugal durante muito tempo tem história no ciclismo. Além do actual Campeão Nacional de Elites, Rui Sousa, ser natural do concelho, importa relembrar também a figura de Rui Lavarinhas, agora dedicado ao BTT e de Ana Barros que foi 10 vezes Campeã Nacional com duas presenças em Jogos Olímpicos. Mas a história do ciclismo português guarda igualmente um lugar para as equipas da região, a CEDEMI e a Tensai – Stª Marta que participaram na Volta. Há outras formações com trabalho desenvolvido na modalidade como o Grupo Desportivo do Centro Cultural de Stª Marta de Portuzelo e o Núcleo Desportivo e Recreativo de Barroselas, que foram, durante muitos anos, um viveiro de ciclistas.



"Entra-se a 70 onde só se pode entrar a 50"
A RTP ouviu Sérgio Quitério, um dos ciclistas envolvidos numa aparatosa queda na aproximação à meta da terceira etapa da Volta a Portugal em biclicleta.

Alta velocidade dita queda nos últimos metros da terceira etapa
O fim da tirada em que o ucraniano Oleg Chuzhda entregou a camisola amarela a Cândido Barbosa ficou marcada por uma queda que envolveu cinco ciclistas. A velocidade excessiva na aproximação a uma curva terá sido fatal.

MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 7 DIAS

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Pedro Abrunhosa enche Centro Cultural de Viana do Castelo

Milhares de pessoas juntaram-se, este sábado, dia 17 de fevereiro, em Viana do Castelo, para assistir ao concerto do cantor português Pedro Abrunhosa, que encheu o CCVC e trouxe mensagens de amor e paz, apelando ao fim dos conflitos no mundo.

Espaço relvado da Marina ganhou mais árvores

A arborização urbana pode não ser tudo, mas é um elemento importante para a ação climática das cidades e para ajudar com o desconforto térmico nos dias mais quentes do ano.  A autarquia vianense, iniciou recentemente a plantação de cerca de 570 árvores em ambiente urbano, privilegiando espécies autóctones como os Carvalhos, Tílias, Choupos, entre outras de cariz mais ornamental.

Andando pela cidade…

No segundo espaço verde mais antigo de Viana do Castelo, o Jardim D. Fernando, datado de 1888, está a ser alvo de intervenção uma das principais atrações deste jardim, a taça/cascata e gaiolão que alberga algumas aves.

Gigantones e cabeçudos vieram em 1893 para ficar na tradição

Remonta ao ano de 1893 a introdução dos gigantones e cabeçudos na Romaria da Senhora d'Agonia, em Viana do Castelo. Este costume foi importado da região espanhola da Galiza.  Como manda a tradição, vai acontecer todos os dias (20, 21, 22 e 23 de agosto) da Romaria da Agonia 2015, por volta das 12H00, na Praça da República, a habitual revista de “Gigantones e Cabeçudos”. Os Gigantones e cabeçudos, acompanhados de Grupos de Bombos e Zés P’reiras, transformam-se no número mais ruidoso das Festas de Viana, contagiando todos quantos a ele assistem.