Avançar para o conteúdo principal

Jornal ''A Aurora do Lima'' comemora 155 anos

O jornal mais antigo do continente, A Aurora do Lima, de Viana do Castelo, completa hoje 155 anos mas tem a sua sobrevivência ameaçada pelos cortes no porte-pago, admitiu hoje o diretor.
«Se o Estado nos tirar a comparticipação no porte-pago, é para fechar», atirou Bernardo Barbosa, enquanto supervisionava os trabalhos de dobragem, cintagem e colagem do número especial de aniversário.
Atualmente, o Estado comparticipa o porte-pago em 40 por cento, mas mesmo assim o jornal desembolsa por mês cerca de 4500 euros com custos de envio.
«É muito dinheiro, porque a isso há ainda a somar 5000 euros de salários, 2000 euros para a Segurança Social e toda uma série de outras despesas», acrescentou.
Para já, o jornal, que começou por ser trissemanário e que a partir de 1915 passou a sair apenas duas vezes por semana, equaciona passar a semanário, para reduzir custos.
Mais tarde, se o porte-pago acabar, poderá ser também o fim do mais antigo jornal do continente, que sai para as bancas, ininterruptamente, desde 15 de dezembro de 1855.
Nas suas instalações, guarda todos os números entretanto saídos, um «enorme e valioso» espólio publicado, a que se junta um igualmente importante espólio de maquinaria, como uma “Marinoni”, que serviu para a impressão do jornal praticamente desde a sua fundação até meados da década de 50.
Tem igualmente quase todo o tipo de equipamento representativo da sua evolução gráfica, desde o compenedor manual a caixas tipográficas, passando pelas duas «intertypes» da composição a chumbo.
A tiragem atual é de 4300 exemplares, a esmagadora maioria dos quais é enviada por correio para os assinantes, muitos no estrangeiro.
Ao longo destes 155 anos, o jornal conheceu 15 diretores, entre os quais Camilo Castelo Branco, que exerceu o cargo por apenas 55 dias, em 1857, recebendo como «salário» 14 mil e 500 réis.
O jornal ultrapassou todas as convulsões políticas nacionais, mas quase não conseguia superar a censura, tendo mesmo o fecho de portas estado “por um fio” por causa de um artigo que fugiu ao lápis azul, por causa de um artigo que criticava a adoção, por parte dos portugueses, de crianças austríacas, no período pós-guerra.
Bernardo Barbosa, que começou no jornal como «moço de recados», com 8 anos de idade, em finais de 1940, olha com apreensão para o futuro, não só por causa do porte-pago, mas também pela «crescente» falta de hábitos de leitura.
Mesmo assim, no número comemorativo dos 155 anos, o jornal apostou numa nova imagem para «ilustrar» o cabeçalho: abandonou o tríptico monumental da Praça da República de Viana do Castelo e substituiu-o por um nascer do sol, como que anunciando… uma nova Aurora.

Fonte: Rádio Alto Minho (15.12.2010)

MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 7 DIAS

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Maior Romaria de Portugal já tem programa

A maior romaria portuguesa apresenta esta quarta-feira o programa oficial de 2024, com nove dias de festa dedicada à Senhora d’Agonia. A edição deste ano da Romaria da Senhora d’Agonia realiza-se de 14 a 22 de agosto, tendo como novidades do programa, a realização do tradicional Desfile da Mordomia, que em 2023 juntou mais de 900 mulheres pelas ruas de Viana do Castelo, no dia 15 de agosto, feriado. Este é um dos quadros mais procurados, na participação e no público para assistir. Pode consultar o programa oficial AQUI .

Pela avenida do Cabedelo, Darque

A avenida do Cabedelo, em Darque, Viana do Castelo, com 628 metros de comprimento é ladeada por duas fileiras com cerca de 140 plátanos de grande porte, cujas copas formam um túnel de verdura encantador. Encontra-se a ser requalificada (melhoria das condições gerais de conforto e de utilização dos peões, a valorização da imagem urbana local, a melhoria das condições de escoamento das águas pluviais, bem como a beneficiação, marcação/sinalização rodoviária da via) num investimento de 615 mil euros.

Bom Caminho

São vários os caminhos que vão dar a Santiago de Compostela, na Espanha, sendo um deles, o Caminho Português da Costa. Viana do Castelo é um ponto de passagem obrigatório para milhares de peregrinos que, cada ano, escolhem rumar a Santiago de Compostela pelo litoral português.

Bom domingo!

Convite a sentar. O calor convida à praia, mas também a… outras tarefas. Parque Ecológico Urbano de Viana do Castelo. De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), para este domingo está prevista uma temperatura máxima de 25° em Viana do Castelo.