Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga julga improcedente acção interposta por moradores do Prédio do Coutinho

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga acaba de julgar improcedente a acção administrativa especial interposta por moradores do Edifício Jardim, absolvendo o Município de Viana do Castelo, a VianaPolis e o Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Desenvolvimento Regional. Em causa está a declaração de utilidade pública com carácter de urgente para a expropriação das parcelas do edifício, mais conhecido por Prédio do Coutinho, ao abrigo do Programa Polis de Viana do Castelo.
Esta é já a terceira acção interposta por moradores e considerada improcedente pelo TAF de Braga. A nova acção, cuja decisão foi agora conhecida, alegava vários vícios no processo e que foi “julgada por unanimidade totalmente improcedente”.
Em causa estavam vícios como a falta de fundamentação da urgência de declaração de utilidade pública, a violação de lei por falta dos seus pressupostos de vigência, a falta de notificação dos interessados na resolução de expropriar, a falta de competência da entidade autora do despacho, a falta de suporte financeiro, a falta de audiência dos interessados, a falta de utilidade pública, a violação de princípios de actuação administrativa, entre outros. O tribunal declarou que o acto não padece de vício e julgou “a acção improcedente” e, consequentemente, absolveu as entidades acusadas.
Agora falta apenas decidir, em primeira instância, a quarta acção interposta pelos moradores do edifício de 13 andares, já em 2006.

Texto: Rádio Geice (07.11.2011)

Comentários

  1. É de lamentar que nesta altura de crise e mesmo de gente a passar fome em Viana do Castelo, se continue a pensar em destruir, demolir, deitar abaixo um prédio, faazendo pouco do povo que os elegeu para o poleiro e jogando fora os dinheiros públicos....será que não há mão nisto..

    ResponderEliminar
  2. Prédio do Coutinho13 novembro, 2011 20:57

    Noticia no Jornal de Noticias de 13/11/2011 sobre Prédio do Coutinho ;
    Assunto "DEMOLIÇÂO DO COUTINHO NEGADA "
    A Associação de Moradores do Prédio do Coutinho garantiu ontem que é falso que a Viana Polis esteja prestes a avançar com a demolição do Prédio.
    " Dos três processos julgados na primeira instância, todos estão em fase de recurso na segunda instãncia .
    Além disso a Viana Polis tem um buraco financeiro conhecido pelo menos 19 milhões ".
    A bem da verdade fazemos correção as informações prestadas no dito jornal ,quando anteriormente publicava que o dito Prédio estava mais perto da demolição.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Desconstrução do prédio Coutinho em Viana do Castelo estimada para setembro ou outubro

World Navigator, construído em Viana

Coroas de flores na Praça assinalam tradição das Maias

Já foi a mais comprida do mundo

Há lixo acumulado há muitos anos em embarcações degradadas no porto de pesca de Viana do Castelo