Avançar para o conteúdo principal

“Do Céu Caiu um Anjinho” estreia no Teatro Sá de Miranda

No dia 19 de outubro (sexta-feira) estreia no Teatro Sá de Miranda em Viana do Castelo, a peça “Do Céu Caiu um Anjinho”, uma comédia romântica, dramática, burlesca e musical, passada em Viana do Castelo entre as décadas de 40 e 50 do século passado. 
Este espetáculo, uma produção do Centro Dramático de Viana, é da autoria de Fernando Gomes. Do elenco fazem parte os atores Ana Perfeito, Helena Ávila, Ricardo Simões, Sofia Bernardo e Tiago Fernandes, além do próprio Fernando Gomes. 
A peça estará em cena até 15 de novembro de terça a sexta-feira às 21H30, sábado às 16H00 e 21H30.

 “Do céu caiu um anjinho!” começa no dia em que o senhor Lopes percebe que não pode continuar a viver assim... Está perdidamente enamorado de Fátima, uma simpática mulher que tal como ele, anseia refazer a sua vida, já que a sorte não a bafejou no passado! 

Os velhos também podem namorar e tal como diz uma canção “um pouquito de amor faz sempre falta” mas o senhor Lopes está consciente de que vai ser difícil ter a aprovação da filha... A não ser que também ela encontre alguém que lhe quebre o gelo e por quem ela se apaixone.

É então que o desesperado pai se lembra de um ardiloso plano para conseguir levar a água ao seu moinho e também matar dois coelhos de uma só cajadada: casar a filha e ficar livre para amar. Mas com o “feitiozinho” que ela tem... Só mesmo se do céu cair um anjinho!

MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 7 DIAS

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Pedro Abrunhosa enche Centro Cultural de Viana do Castelo

Milhares de pessoas juntaram-se, este sábado, dia 17 de fevereiro, em Viana do Castelo, para assistir ao concerto do cantor português Pedro Abrunhosa, que encheu o CCVC e trouxe mensagens de amor e paz, apelando ao fim dos conflitos no mundo.

Espaço relvado da Marina ganhou mais árvores

A arborização urbana pode não ser tudo, mas é um elemento importante para a ação climática das cidades e para ajudar com o desconforto térmico nos dias mais quentes do ano.  A autarquia vianense, iniciou recentemente a plantação de cerca de 570 árvores em ambiente urbano, privilegiando espécies autóctones como os Carvalhos, Tílias, Choupos, entre outras de cariz mais ornamental.

Os Parques de Estacionamento Grátis, mais Baratos e mais Caros de Viana

Se reside em Viana do Castelo ou é um visitante ocasional mas tem dificuldades em encontrar lugares de estacionamento na rua (gratuitos ou a pagar), a solução passa por recorrer a parques. Comparámos os tarifários de alguns desses parques de estacionamento públicos ou privados (tanto à superfície como subterrâneos) perto do centro da cidade (entenda-se por centro, a Praça da República). Veja na tabela abaixo quais os mais baratos e os mais caros. NOTA:  O Parque do Gil Eannes e o Parque da Marina/Cais Viana são à superfície os restantes são subterrâneos. O Parque da Estação Viana Shopping é grátis de 2ª a 5ª feira a partir das 20:00 (DIAS ÚTEIS)

Andando pela cidade…

No segundo espaço verde mais antigo de Viana do Castelo, o Jardim D. Fernando, datado de 1888, está a ser alvo de intervenção uma das principais atrações deste jardim, a taça/cascata e gaiolão que alberga algumas aves.