Avançar para o conteúdo principal

Igreja de S. Salvador das Almas, a primeira igreja matriz de Viana do Castelo

A Igreja das Almas, ou Capela das Almas como é mais conhecida, foi a primeira igreja matriz de Viana do Castelo. Após a construção da atual Sé Catedral, em 1483, perdeu o título de matriz para esta. 
O seu adro serviu de cemitério até ao ano de 1840. 
Durante as recentes obras de recuperação a que foi sujeita a Igreja das Almas, foram realizadas escavações arqueológicas no seu interior que permitiram a descoberta da existência de uma estrutura românica e os alicerces de um edifício que possibilitam concluir que a igreja é ainda mais antiga, recuando ao século IX. 
Os vários achados arqueológicos descobertos durante as escavações, podem agora ser visitados num pequeno museu, entretanto criado na sacristia do templo.


Comentários

  1. A Igreja das Almas foi a primeira Paróquia de Viana, até se fazerem dentro dos muros o novo templo a Igreja da Matriz hoje Sé.
    Ao Dr. Domingos de Campos Soares (cura) se deve a reedificção da mesma, pois em 1719 chegou mesmo a cair em ruinas.
    Em 1620 foi instituida uma Irmandade da Nossa Senhora da Guia com estatutos em 1632.
    Primitivamente esteve reunida a Santa Maria da Vinha ( Areosa) e hoje está anexa á Sé de Viana outrora Matriz.
    A história da mesma acha-se exposta na sacristia em um quadro impresso.
    No adro teve diversas campas e chegou mesmo a ser um cemitério publico.


    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Viana do Castelo volta a dedicar Feira de Artesanato aos artesãos do concelho

Várias dezenas de artesãos de Viana do Castelo são esperados na Feira de Artesanato da Romaria da Senhora d’Agonia, que assinala 105 anos da sua primeira edição e que vai realizar-se no Jardim Público da cidade, de 06 a 21 de agosto de 2022. As inscrições arrancam hoje através do site oficial www.festasdagonia.com. De acordo com o regulamento da feira, disponível no site oficial em www.festasdagonia.com, esta volta a realizar-se no Jardim Público, promovida pela VianaFestas e pela Comissão de Festas da Romaria da Senhora d’Agonia. As inscrições dos artesãos, de caráter obrigatório, decorrem de 09 de junho até 03 de julho.    Em 2022, a feira vai decorrer de 06 a 16 de agosto das 16:00 às 23:00, passando de 17 a 21 de agosto a ter lugar das 10:00 às 24:00. A Feira-Exposição de Artesanato das Festas de Nossa Senhora d’Agonia remonta a 1917, quando se realizou a primeira exposição de lavores regionais, chegando aos dias de hoje como um evento âncora da cidade, com dezenas de artesãos. A s

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.

O Desfile da Mordomia na Romaria d’Agonia

O Desfile da Mordomia é um dos momentos de maior destaque naquela que é considerada a Rainha das Romarias de Portugal. Depois de dois anos de ausência daquele número devido à pandemia, na Romaria d’Agonia 2022 é esperado um recorde de participações. Cerca de 800 mordomas (número máximo aceite pela organização) irão estar no desfile que vai decorrer no dia 18 de agosto. Em 2019 participaram no desfile 619 mordomas. O Desfile da Mordomia é considerado a maior montra de trajes e ouro ao ar livre do país. No deste ano, estima-se que o valor total do ouro que as 800 mordomas vão usar (2,5 quilogramas, em média, cada uma), calculado com base no preço atual, atinja os 94 milhões de euros.

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

A estação vai ter um hotel

O presidente da Câmara de Viana do Castelo disse hoje que a estação de comboios da cidade, construída no século XIX, vai ser transformada em hotel por um investidor local e que o projeto está em fase de licenciamento. Em declarações aos jornalistas, no final da reunião camarária de hoje, durante a qual foi questionado sobre o projeto, pela bancada do PSD e da CDU, Luís Nobre adiantou que “a Infraestruturas de Portugal (IP), proprietária do imóvel, entendeu dar uso a um espaço que está devoluto há mais de uma década”. O autarca socialista garantiu que as funções e serviços, atualmente, a funcionar na estação de caminhos-de-ferro “não vão desaparecer, mas serão transferidos para outro local”. “A bilheteira, o bar e outros serviços, vão manter-se. Não podia ser de outra forma. Ninguém ia fazer um investimento de 90 milhões de euros na modernização da Linha do Minho para depois prejudicar esse investimento”, sustentou. Segundo Luís Nobre, o empresário, que já tem uma unidade hoteleira na c