Os nomes e a história das ruas de Viana do Castelo

Já alguma vez se questionou sobre a origem dos nomes das ruas, avenidas, praças, bairros... da cidade onde mora? Você que vive em Viana do Castelo nunca teve curiosidade em saber de onde veio o nome da sua rua?
Prosseguindo com a descrição e origem de alguns nomes atribuídos a arruamentos de Viana do Castelo, desta vez vou dar a conhecer quem são as pessoas que dão o nome a duas ruas de Viana e que fizeram elas para merecem tal honra.

RUA MATEUS BARBOSA 
Rua da zona histórica, entre a Rua Gago Coutinho e o Largo das Almas. Esta velha artéria que durante vários séculos se chamou Rua da Piedade, por ser por ela que passavam os cortejos fúnebres a caminho do cemitério no Largo das Almas, consagra para a posteridade Mateus José Barbosa e Silva, da distinta família dos Barbosa e Silva, com residência nesta rua.

Rua Mateus Barbosa
QUEM FOI MATEUS BARBOSA?
Activo, entusiasta e generoso, Mateus Barbosa ajudou durante muito tempo, a Congregação da Caridade e de entre os vários cargos da vida social que ocupou, destaca-se o de Vice-consul de França em Viana do Castelo, e o de Presidente da Instituição que atualmente se chama Associação Empresarial de Viana do Castelo.

RUA ROQUE DE BARROS
Rua da zona histórica, entre a Rua Major Xavier da Costa e a Avenida Rocha Páris. Esta lajeada e típica artéria da cidade chamou-se antigamente Rua das Tripeiras.

Rua Roque de Barros
QUEM FOI ROQUE DE BARROS?
Roque de Barros foi uma importante figura histórica, bastante antiga, que pelos seus feitos deu origem a ser consagrado com este topónimo. "Roque de Barros Rego do nobilíssimo ramo destas famílias, foi filho de Afonso Caminha Rego e de sua mulher D. Ana Maciel Salgado. Militou com bizarria marcial nas campanhas do seu tempo pelo que os Reis deste Reino o fizeram Governador de Cabo Verde, e depois Comendador da Comenda de S. Miguel de Vila Franca da Ordem de Cristo".

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Enorme máquina giratória vai “triturar” mais de 15 mil toneladas de materiais dos 13 andares do prédio Coutinho

Queixa contra desconstrução do prédio Coutinho arquivada pelo MP

Morreu a ''PALMIRINHA''

Laboratório do mar com minissubmarino e aquário abriu em Viana do Castelo