Avançar para o conteúdo principal

Em Viana do Castelo, os passeios são para os peões?

Deviam ser, mas o que se observa mais nas ruas da cidade é isso que se vê na foto em baixo (Largo da Santa Catarina), carros em cima dos passeios.
Quem passa neste local diariamente, já não se admira desta situação, mas quem passa pela primeira vez, deve perguntar “será que alguma coisa mudou no estacionamento em Viana do Castelo? Afinal para quem são os passeios?”

Não, não está enganado. Onde estão os carros é o passeio
(superfície especialmente destinada ao trânsito de peões)
A estrada (completamente deserta), fica no lado esquerda da foto

Comentários

  1. É vergonhoso. Já assisto a esta triste situação há anos. Será que é assim tão dificil às autoridades acabarem com esta pouca vergonha?

    ResponderEliminar
  2. A PSP não tem meios humanos para control da situação...e depois o povo é quem mais ordena!

    ResponderEliminar
  3. O mal da nossa cidade é a falta de estacionamentos gratuitos. Para irmos a qualquer sítio é preciso pagar parque. Eu moro entre Viana e Coimbra e lá é muito diferente. A grande maioria dos parques de estacionamentos são gratuitos. Pode-se ir aos centros comerciais, à feira, ao estádio da Académica, entre outros, sem pagar nada nos parques de estacionamento.

    ResponderEliminar
  4. Também se poderia questionar porque é que a cidade tem vindo a eliminar todas as hipóteses de estacionamento à superfície! Mas isso seria incómodo, compreendo ...

    ResponderEliminar
  5. Concordo com os dois últimos comentários. Viana está a ficar sem estacionamentos gratuitos. Agora até o parque do campo da Sra d'Agonia nos vão tirar para obrigar a estacionar no parque subterrâneo

    ResponderEliminar
  6. O facto de não haver estacionamento gratuito no centro histórico não justifica faltas de civismo.

    ResponderEliminar
  7. Nem toda a gente tem capacidade de estar a pagar parque de estacionamento cada vez que quer ir ao centro da cidade

    ResponderEliminar
  8. Mas a falta de dinheiro, justifica! Ainda não viu nada, caro amigo!

    ResponderEliminar
  9. A cidade Italiana de Viareggio é a capital do mundo da construção naval dos Iates mais luxuosos que se possam imaginar, com centenas de trabalhadores que ganham mais e têm maior poder de compra que a média dos Portugueses, no entanto 90% dos trabalhadores que trabalham nos vários estaleiros de Viareggio vão para o trabalho de BICICLETA. Cá diriam logo "vai tú".

    ResponderEliminar
  10. Não adianta justificar o injustificável e vir para aqui com o velho discurso do bota abaixo, utilizando todo e qualquer tipo de argumentação tão característico de alguns "vianenses".
    Esta situação de estacionar em cima dos passeios no Largo de Santa Catarina, já é bem anterior às obras do Campo da Agonia.Sempre foi assim e agora sómente piorou. Gostaria de saber se são estes senhores que irão pagar a recuperação daquele espaço hoje completamente destruído. Pelos vistos para alguns, isso não é importante desde que eles tenham o seu carrinho estacionado.
    Quanto a justificar esta situação com a falta de estacionamento actual, é mais uma vez faltar à verdade e vir para aqui com argumentação no mínimo pouco séria. Porquê? Pelo que afirmei anteriormente e porque mesmo agora, basta andar uns 200 a 300 metros e estes carros cabem todos no largo por acaso bem grande, que fica na zona da Estação do Salva Vidas e no estacionamento em frente à mulher de Viana no Bugio. Aqui o mais incrível, é que fica a poucas dezenas de metros da entrada principal dos Estaleiros e tem sempre lugares vagos.
    E já agora, não venham dizer que não é verdade.

    ResponderEliminar
  11. Pois é constato que os Portugueses estão muito mal habituados,quer o estacionamento seja grátis ou a pagar nada justifica o estacionar em cima de passeios passadeiras e onde quer que me apeteça,não devemos esquecer que "quando começa a minha liberdade acaba aí a dos outros"...
    tudo reside no respeito mútuo e aí é o que se vê..

    ResponderEliminar
  12. Há sempre verdades parciais. Como um dia li no livro “O Filomeno”, de Gonzalo Torrente Ballester, um diálogo em que um personagem dizia:
    -“Você tem razão, mas não a tem toda, e a pouca que tem, não lhe serve para nada!”
    ---
    Qualquer solução tem de estar integrada num ambiente em que não destoe.
    Andar de bicicleta, com segurança, implica ter vias de circulação próprias e não andar a arriscar a vida no meio de um trânsito de veículos motorizados.
    Também “caçar” dinheiro do estacionamento automóvel a quem não tem outro meio para deslocar, em tempo útil, para Viana do Castelo, parece-me de uma enorme insensibilidade da Câmara.
    Já aqui assinalei que esses parques deveriam ter sido construídos com um pressuposto incentivo à reabilitação do centro histórico, oferecendo lugares a quem restaurasse habitação para habitação no seu interior.
    O facto é que os parques mais periféricos estão e vão estar nos próximos anos “às moscas”,

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Viana acende luzes de Natal a 02 de dezembro

As iluminações de Natal vão acender-se nas ruas da cidade de Viana do Castelo no dia 02 de dezembro, e estarão ligadas de segunda-feira a quinta-feira, das 18h00 às 22h00 e, às sextas-feiras e fins-de-semana, o horário será alargado, entre as 18h00 e a 00h00. A programação de Natal será anunciada pela Câmara de Viana no próximo dia 25 de novembro. (Notícia atualizada em 25 nov 2022 com mais informação)

Natal 2022 em Viana do Castelo com mais ruas iluminadas e um investimento de 160 mil euros

A Câmara de Viana do Castelo aprovou hoje, por unanimidade, um investimento de 160 mil euros na animação de Natal, menos 10 mil do que em 2021, com “mais ruas iluminadas” e espetáculos multimédia em toda a Avenida dos Combatentes. Segundo o presidente da Câmara de Viana do Castelo, que falava durante a reunião camarária para apresentar protocolo de cooperação entre o município e a Associação Empresarial, o valor destinado à animação de Natal 2022 representa uma poupança de 10 mil euros, em relação ao investimento do ano passado, sendo que, durante os meses de dezembro e janeiro, “haverá mais ruas iluminadas” e que o os espetáculos multimédia, que até agora preenchiam cerca de metade da Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, vão ser alargados a toda a extensão da principal artéria da cidade. Os espetáculos multimédia, diários, consistem em jogos de luzes sincronizados com música e, atraem centenas de pessoas. Luís Nobre anunciou ainda que a árvore de Natal 3D, com cerca de 30 metros

Em Viana ainda se vendem os tradicionais presépios em barro

Nos últimos anos, nesta quadra, há uma banca que é montada junto ao Jardim Público, onde ainda é possível comprar pequenas peças coloridas em barro, meio toscas, para montar um presépio tradicional português. São muitas dezenas de peças com origem na região de Barcelos, que retratam o Menino Jesus, Nossa Senhora, São José, manjedoura, burro, vaca, reis magos sobre camelos, moleiro e o seu moinho, rebanhos, fanfarras, o castelo, o casario, a igreja, o padre, entre muitas outras personagens. Um costume que parece um pouco afastado das casas dos portugueses, mas que alguns ainda mantêm o encanto de o montar à moda antiga.

Viana do Castelo vai receber o Natal e Passagem de Ano com concertos, animação de rua, exposições…

De 01 de dezembro de 2022 a 08 de janeiro de 2023 a cidade vive intensamente as festividades do Natal e da chegada do Ano Novo.  A programação “Viana, Coração do Natal”, organizada pela Câmara Municipal de Viana do Castelo em parceria com a Associação Empresarial de Viana do Castelo, é bastante diversificada. O programa inclui propostas em vários locais na cidade, para que miúdos e graúdos possam celebrar esta época festiva. Praça Natal, Mercado de Natal, atividades infantis, concertos, animação de rua, exposições e passagem de ano, são sugestões de coisas para fazer este Natal, sozinho, entre amigos ou em família. Destaques da Programação > A 02 de dezembro, são inauguradas as iluminações de Natal nas ruas da cidade, em parceria com a Associação Empresarial de Viana do Castelo. Este ano, as iluminações estarão ligadas de segunda-feira a quinta-feira, das 18h00 às 22h00 e, às sextas-feiras e fins-de-semana, o horário será alargado, entre as 18h00 e a 00h00. > A Praça da República

Sinais novos, hábitos velhos

Esta sinalização foi colocada há algumas semanas neste local da Rua dos Manjovos, no centro histórico da cidade de Viana do Castelo, de forma a ser mais visível (anteriormente estava colocada junto ao prédio que se encontra no lado direito da foto). Apesar da nova localização tornar os sinais bem mais visíveis, as infrações continuam a acontecer todos os dias. A referida sinalização rodoviária mostra o que é permitido e o que é proibido fazer. Por que é tão difícil respeitar as regras de trânsito?