Avançar para o conteúdo principal

Nomes das ruas contam a história de Viana

... conheça um pouco mais sobre a história de cada Rua de Viana do Castelo.

AV. DOS COMBATENTES DA GRANDE GUERRA
O topónimo desta artéria central da cidade, alongada desde a Estação do Caminho-de-Ferro até à moderna Praça da Liberdade, evoca os Combatentes da 1ª Grande Guerra.
O projeto da sua construção foi aprovado em 10 de Janeiro de 1917. Em abril estavam já consumadas muitas demolições e combinadas as respetivas expropriações com os outros proprietários. Até final do ano de 1917, ficou acabado toda a sua abertura, embora a conclusão das obras do piso viário e passeios para peões só se verificasse em 1920.
Passados cerca de 80 anos, entre setembro de 1999 e setembro de 2000, a Câmara Municipal empreendeu a sua total remodelação. Às profundas melhorias urbanísticas introduzidas é de assinalar um parque subterrâneo de estacionamento com capacidade para 320 veículos, inaugurado em 16 de dezembro de 2000.

Av. Combatentes da G. Guerra, Viana do Castelo

RUA MAJOR XAVIER DA COSTA
Rua da zona histórica, entre a Rua Nova de Santana e a Rua da Bandeira. Esta velha artéria chamou-se outrora Rua das Capareiras, mais tarde, Rua das Correias e, atualmente Rua major Xavier da Costa.

Quem foi José Xavier da Costa?
Consagra o ilustre vianense José Xavier da Costa, nascido em em 1879, que foi Coronel de Infantaria, reformado e inválido de guerra. Heróico combatente da Batalha de La-Lys, da I Grande Guerra, mereceu os mais altos louvores e condecorações nacionais e estrangeiras. Como homenagem à sua memória, a cidade de Viana do Castelo além de lhe atribuir o seu nome à rua onde se encontra a casa de seus pais, afixou nesta uma lápida e ofereceu-lhe as insígnias da comenda da Ordem da Torre e Espada, com palma, com que foi agraciado, adquiridas por subscrição pública, entre os habitantes desta cidade.

Rua Major Xavier da Costa, Viana do Castelo

MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 7 DIAS

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Mordoma do cartaz da Romaria d’Agonia 2024 escolhida por concurso

Pela primeira vez na história da Romaria d’Agonia a mordoma do cartaz que leva a maior festa popular portuguesa a todo o mundo será selecionada por um júri entre 20 finalistas, todas elas escolhidas entre as concorrentes, abrindo assim espaço para mulheres com idades entre os 18 e os 35 anos participarem. “Qualquer mulher que sinta a nossa Romaria pode concorrer e pode aspirar a ser a mordoma da festa. É uma inovação que introduzimos este ano, pensando em todas as jovens mulheres que alimentam este sonho”, explicou Manuel Vitorino, presidente da VianaFestas, a entidade organizadora das festas da cidade. O novo regulamento para escolha do cartaz da Romaria de Nossa Senhora d’Agonia vai ser implementado este ano e substitui o modelo anterior, de concurso promovido, que estava em vigor desde 2011, e que implicava escolher o conjunto do autor, do cartaz e da mordoma. No formato para a definição do cartaz da Romaria a estrear este ano, o mesmo passa a contemplar três fases, com qualquer mul

Maior Romaria de Portugal já tem programa

A maior romaria portuguesa apresenta esta quarta-feira o programa oficial de 2024, com nove dias de festa dedicada à Senhora d’Agonia. A edição deste ano da Romaria da Senhora d’Agonia realiza-se de 14 a 22 de agosto, tendo como novidades do programa, a realização do tradicional Desfile da Mordomia, que em 2023 juntou mais de 900 mulheres pelas ruas de Viana do Castelo, no dia 15 de agosto, feriado. Este é um dos quadros mais procurados, na participação e no público para assistir. Pode consultar o programa oficial AQUI .

Enorme “Coração de Viana” de Joana Vasconcelos exposto em Serralves

Uma das obras mais conhecidas e emblemáticas da artista plástica portuguesa Joana Vasconcelos, o "Coração Independente Vermelho”, inspirado no coração de Viana, peça icónica da filigrana portuguesa, está entre as mais de trinta e cinco peças que integram a sua primeira exposição individual em Serralves. A exposição, intitulada “I’m Your Mirror” esteve anteriormente no Museu Guggenheim de Bilbau (Espanha), onde recebeu mais de 640 mil visitantes. Vai estar no Porto, em Serralves, até 24 de junho. A obra "Coração Independente Vermelho”, já esteve exposta no Centro Cultural de Viana do Castelo durante a Romaria d'Agonia de 2014. Joana Vasconcelos foi, nesse mesmo ano, presidente da Comissão de Honra das Festas, tendo participado no cortejo etnográfico e no desfile da Mordomia. Alguns dos trabalhos expostos no Museu e nos Jardins do Parque de Serralves: (Clique na imagem para ver em modo de ecrã inteiro) CORAÇÃO INDEPENDENTE VERMELHO, 2005 | Apresenta-se sob a forma

Sabe o que vai acontecer de 20 a 28 de abril?

É o “ LER EM VIANA – Festa do Livro e das Artes ”, iniciativa que integra a 44ª FEIRA DO LIVRO . Durante 9 dias, predominantemente no Centro Cultural de Viana do Castelo (algumas iniciativas vão decorrer no edifício dos Antigos Paços do Concelho e na Biblioteca Municipal) vai acontecer uma programação rica e diversificada, contemplando uma exposição sobre o 25 de abril de 1974, sessões de lançamento de livros, conferências, oficinas, encontro com escritores, cientistas e artistas, espetáculos, teatro, concertos e a 44ª Feira do Livro, com 32 expositores, que estará disponível todos os dias, das 14h30 às 23h30, com entrada gratuita. Para os concertos, a lotação máxima é de 300 lugares. Os bilhetes têm um custo de 5 euros. Toda a programação AQUI .