Capela de S. Lourenço

Construída no século XVI, esta pequena Capela tem como particularidade a sua invulgar implantação, em pleno estuário do Rio Lima, junto ao Cais Novo-Darque-Viana do Castelo.



Comentários

  1. Património destruido á vista de todos.29 janeiro, 2013 22:36

    Bem junto á capela tinha um cais denominado de Cais Novo.
    Ao longo dos ultimos anos o referido cais tem sido destruido.
    As pedras são retiradas do local e vão desaparecendo sem se dar conta.
    Ninguem se importa com o assunto .Não põem cobro á destruição de património da cidade.
    Lembro que antes de ser construida a Ponte de Viana , todo o transporte de carruagens , pessoas e bens passavam neste local.

    ResponderEliminar
  2. Uma dúvida - a estrutura de calçada que passa junto à capela, era o acesso a uma ponte de barcas?
    Como era essa ponte, em que época existiu? Quer dedicar um post a essa investigação? Obrigado!

    ResponderEliminar
  3. Estão a destruir património da Vila de Darque30 janeiro, 2013 21:42

    O Cais Velho de Darque em 1758 foi considerado " O maior Carregadouro de embarcações que tem toda esta ribeira , e Vila ".
    A fábrica de louça foi criada no tempo de D.José, bem perto começou a desenvolver-se um estaleiro para a contrução de barcos. Face a este desenvolvimento o local era o ideal por estar bem proximo á foz do Rio Lima.
    Para implementar uma boa acostagem dos barcos realizou-se a construção de um Cais Novo.
    Este Cais foi construido por conta de Viana mais ou menos com a distância de setecentos e oito passos. Possuia três arcos com os seus corta mares de ambas as partes, pelas quais corria a água de um lado para o outro.
    Foi contruido em cantaria com bastante largura, não possuindo guardas.
    Quando era funcional , circulava carros de bois, carruagens,liteiras,bestas e toda a gente que para a vila de Viana queria embarcar.
    Os primeiros passos para a construção da ponte foi realizada em 4 de fevereiro de 1807.
    Com diversas paragens as obras só principiaram em 1819 , sob a direcção de António Fernando de Araujo e Azevedo.
    As duas colunas existentes em Viana , foi uma forma de gratidão dos Vianenses assinalar a inauguração da antiga ponte de madeira que substituiu a velha " barca do concelho ".
    Em 2 de fevereiro de 1880 ,uma cheia do Rio lima derrubou a ponte por completo.
    Hoje em pleno ano de 2013 ainda são visiveis na maré baixa parte das estacas que serviam de apoio a àntiga ponte.
    Pena é que o local se encontre num estado lastimoso.
    O antigo cais está ao completo abandono . Parte da cantaria tem desaparecido do local e ninguém toma providencias.
    Este património está a ser destruido e só não vê quem não quer.
    Há alguns anos atrás era corrente passar carros junto a esse cais , hoje nen pensar , seria um desastre.
    Quem se lembrar de postais ilustrados dos anos 60 nota bem que muita coisa tem desaparecido na área.

    ResponderEliminar
  4. Alguém sabe se a capela abre em alguma hora ou dia específicos ou se está sempre fechada?

    ResponderEliminar
  5. Andam máquinas a remover pedras e areias junto ao antigo Cais de São Lourenço mais propriamente junto à Capela de São Lourenço neste mês de Março de 2018.
    As obras decorrem mesmo em dias de chuva e até durante a noite.
    Alguém poderá esclarecer a movimentação de máquinas e obras no local .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Trata-se da construção da Rede Urbana de Ciclovias de Viana do Castelo - Troço Cais Novo/Cabedelo.

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Enorme máquina giratória vai “triturar” mais de 15 mil toneladas de materiais dos 13 andares do prédio Coutinho

Laboratório do mar com minissubmarino e aquário abriu em Viana do Castelo

Morreu a ''PALMIRINHA''

Já começou o Natal em Viana

Passagens de nível que já não existem