Avançar para o conteúdo principal

Convento de São Francisco do Monte em postais ilustrados

Muito recentemente, foi arquivado o processo de classificação do Convento de São Francisco do Monte, em Viana do Castelo, datado do século XIV, por se encontrar em avançado estado de degradação.
O estado de ruína em que se encontra é tal que o que resta do convento não passa de paredes e grande parte delas derrubadas, pois a maioria das peças foram vandalizadas ou mesmo roubadas.
Numa breve recolha, consegui estes postais ilustrados que dão uma pequena ideia do valioso património que não conseguiu chegar aos nossos dias.

Saiba mais sobre este convento, aqui.




Comentários

  1. Muito bonito este Convento de S.Francisco,ainda me lembro de ir lá em promessa nos anos 50/60.
    Como é possível chegar a este abandono sem que as autoridades intervenham???

    ResponderEliminar
  2. pergunto.a quem pertence?Alguem me sabe informar ? convento lindissimo e eu que sou monarquica adorava ter uma obra de arte dessas de certeza que ia ter outro tratamento e fazer dele coisa uttil para mim e para o estado mas inflismente ninguem diz nada.

    ResponderEliminar
  3. Ao que parece, o terreno onde esta o convento, pertence ao IPVC, oferecido pela CMVC. Um presente envenenado diz o politecnico que tencionava construir um polo. De qualquer forma e, independentemente de pertencer a A ou a B o mais importante é que devia ser preocupacao de todos a conservacao do nosso patrimonio e da historia do nosso país!! prevalecem sempre os interesses financeiros...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.

Viana do Castelo tem 9 praias com Qualidade de Ouro

Praia do Cabedelo (Viana do Castelo) Afife, Amorosa, Arda, Cabedelo, Carreço, Castelo de Neiva, Ínsua, Norte e Paçô, são as nove praias do concelho de Viana do Castelo que a Quercus classificou ontem com “Qualidade de ouro 2016”. A nível nacional, são 382 as praias distinguidas na avaliação da associação ambiental - mais 68 do que no ano passado.  Para receber a classificação de praia com “Qualidade de Ouro”, a água das praias tem que ter uma qualidade EXCELENTE nas cinco últimas épocas balneares de 2011 a 2015.  O objetivo da Quercus é realçar as praias que ao longo de vários anos (cinco), apresentam sistematicamente uma água balnear de qualidade excelente (tendo em conta a classificação da legislação em vigor), e que, nesse sentido, oferecem assim uma maior fiabilidade no que respeita à qualidade da sua água. Conheça as 382 praias com "qualidade de ouro" em 2016, clicando AQUI .

É o fim do Edifício Jardim (Prédio Coutinho)

Hoje, 01 JUL 2022, desaparece definitivamente do Centro Histórico da cidade de Viana do Castelo.

Há imenso lixo no porto de pesca de Viana do Castelo

O lixo que se vê nestas imagens não passa de uma amostra, tal é a quantidade de lixo existente em vários pontos do porto de pesca de Viana do Castelo. Esta preocupante realidade parece não incomodar os responsáveis por aquela infraestrutura, pois nada têm feito para a sua remoção.

O Desfile da Mordomia na Romaria d’Agonia

O Desfile da Mordomia é um dos momentos de maior destaque naquela que é considerada a Rainha das Romarias de Portugal. Depois de dois anos de ausência daquele número devido à pandemia, na Romaria d’Agonia 2022 é esperado um recorde de participações. Cerca de 800 mordomas (número máximo aceite pela organização) irão estar no desfile que vai decorrer no dia 18 de agosto. Em 2019 participaram no desfile 619 mordomas. O Desfile da Mordomia é considerado a maior montra de trajes e ouro ao ar livre do país. No deste ano, estima-se que o valor total do ouro que as 800 mordomas vão usar (2,5 quilogramas, em média, cada uma), calculado com base no preço atual, atinja os 94 milhões de euros.