Avançar para o conteúdo principal

Município de Viana do Castelo inaugura Centro de Alto Rendimento de Surf

O Centro de Alto Rendimento (CAR) de Viana do Castelo, que servirá de apoio e formação aos desportos náuticos como o surf, bodyboard, windsurf e kitesurf vai ser inaugurado esta sexta-feira, dia 5 de Abril, às 16h00. 
Este projeto nasceu de uma candidatura conjunta do Município de Viana do Castelo com o Instituto do Desporto de Portugal. A obra foi lançada a concurso no início de 2009, com um custo aproximado de um milhão euros, mas esteve suspensa depois de duas intervenções do Tribunal de Contas. 
Esta importante infraestrutura, implantada numa área de cerca de mil metros quadrados, junto à Praia do Cabedelo, em Darque, está dotada de salas de formação, de apoio médico, de exercício e ainda dormitórios e refeitório, para além de armazéns para material. 
Este que será o segundo equipamento do género a entrar em funcionamento no país, vai contribuir para o desenvolvimento desportivo nacional e para a afirmação da cidade e do concelho de Viana do Castelo como destino de excelência para a prática do Surf e do Bodyboard.

NOTA: Devido ao falecimento, esta quinta-feira, do pai do presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, a inauguração foi adiada para data oportuna.

(clique na imagem para ampliar e ver melhor)



Comentários

  1. A obra ainda não foi inaugurada e já apresenta sinais de degradação/deterioração preocupantes!
    Para um equipamento para uso intensivo, duvido que as opções de materiais/acabamentos tenham sido oportunas!

    ResponderEliminar
  2. Os sinais de degradação/deterioração de que fala, JARRA, não o são. As marcas de água que vemos nas fachadas são resultantes da chuva que tem caído abundantemente nos últimos meses. Assim, caso a fotografia fosse tirada num dia de sol as marcas simplesmente não existiriam...Pode comprová-lo se visitar o edifício nessas condições.
    Existem provas dadas que a cortiça é um material com muita potencialidade construtiva, quer a nível de isolamento térmico, comportamento contra fogos e outros, que a fazem ser considerada um material sustentável e ecológico.

    ResponderEliminar
  3. Gostava de saber o que são "sinais de degradação/deterioração preocupantes" para o senhor JARRA.
    Se se está a referir àquelas manchas nas placas de cortiça julgo que deveria rever o seu conceito de degradação/deterioração, caso contrário não conheço mais nenhum sinal nesta obra.

    ResponderEliminar
  4. Ai estão eles, os especialistas de tudo e mais alguma coisa.

    Penso que o problema será da cortiça ser chinesa, porque se fosse portuguesa e tendo em atenção que os nossos sobreiros são melhores que o dos chineses, esta situação não se colocaria.

    Não há sobreiros na China? !!!!! A sério? !!!!

    Desculpem lá, mas também tenho direito a ser "especialista".

    Lá continua a doença do bota abaixo.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

O que ficou da antiga Praça de Touros

Da demolição praticamente integral da antiga Praça de Touros de Viana do Castelo, só ficou de pé uma pequena parte da fachada principal (ver foto). Conforme se pode verificar numa das fotografias, essa reduzida parte do velho edifício já se encontra integrada na nova construção, a Praça Viana, equipamento desportivo destinado à prática de várias modalidades em simultâneo. O projeto para a Praça Viana foi elaborado tendo como base o antigo edifício da Praça de Touros, mantendo as caraterísticas arquitetónicas do mesmo ao nível da fachada exterior e volumetria. A Praça de Touros de Viana do Castelo foi construída em 1948. O último espetáculo tauromáquico aconteceu em agosto de 2008, por altura da Romaria da Senhora d'Agonia. Estava encerrada desde 2009, altura em que Viana do Castelo se declarou cidade antitouradas. A demolição teve início em abril de 2021.

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.

Hoje está de parabéns!

O Palácio da Justiça está localizado na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra. Atualmente é sede do Tribunal Judicial da Comarca de Viana do Castelo. Projetado pelo arquiteto Francisco Augusto, o edifício começou a ser construído em 1951 e foi inaugurado em 28 de Junho de 1959. No interior do Palácio da Justiça é de realçar a existência de vários vitrais com grande valor artístico, representando a Justiça, as forças do mal, as forças do bem, as tábuas da Lei, a morte e a vida…

Demolição completa com fim à vista

Viana do Castelo, 21 de junho de 2022, Edifício Jardim (Prédio Coutinho).

Para cumprir promessa centenária milhares de fiéis sobem ao monte de Santa Luzia

Realiza-se amanhã, domingo, dia 26 de junho, a partir das 9h00, a Peregrinação Diocesana ao Sagrado Coração de Jesus, no monte de Santa Luzia, em Viana do Castelo. Às 11h00 terá lugar a celebração da Eucaristia que decorrerá no anfiteatro situado no jardim das Tílias, junto ao santuário do Sagrado Coração de Jesus, celebração presidida por D. João Lavrador. A ORIGEM DESTA PROMESSA  Em 1918 a peste pneumónica assolava toda a população e na cidade de Viana do Castelo realizou-se uma procissão, a 10 de novembro, onde se prometeu subir ao monte de Santa Luzia e fazer a consagração à imagem do Sagrado Coração de Jesus aí presente, se a peste parasse. Tal facto registou-se e por isso a promessa teve de ser cumprida. Impedidos de o fazer em 1919 e 1920, só no ano de 1921 a promessa foi cumprida e repetida todos os anos. Fotografias do Santuário do Sagrado Coração de Jesus (24 JUN 2022).