Frente Ribeirinha de Viana do Castelo - Núcleo de Santiago da Barra praticamente requalificada

A empreitada, iniciada em setembro de 2012, lançada ao abrigo do programa Polis Litoral Norte, está orçada em 2,9 milhões de euros.
Os objectivos principais desta intervenção foram a valorização dos espaços degradados na envolvente do forte, a valorização do núcleo piscatório, o fomento da circulação e acessibilidades de forma regrada, a colocação de mobiliário urbano e a infraestruturação daquela área.
Fez igualmente parte desta empreitada a requalificação do espaço público do Campo da Agonia, disciplinando e limitando os lugares de feira e introduzindo novas áreas verdes.
Da empreitada constou ainda a requalificação e valorização do tanque lavadouro público, através da recuperação dos seus muros e pavimentos e do percurso de água. Na envolvente ao tanque, foi instalada uma nova área pavimentada, dotada de infraestruturas de apoio a serviços públicos.
Paralelamente, está a decorrer a requalificação do núcleo piscatório, através do desenho de valorização de percursos e espaço público e sua articulação com a acessibilidade ao Forte de Santiago da Barra.

(clique na imagem para ampliar e ver melhor)
Campo da Agonia, lugar da Feira Semanal

Envolvente do Castelo de Santiago da Barra

Tanque Comunitario

Tanque Comunitário

Comentários

  1. Que se passa com esta obra?
    Há meses que era para estar concluída, mas parece estar difícil a sua conclusão.
    Para quando o regresso dos feirantes para este local?
    O espaço ficou mais agradável, mas era bom que se concluísse a empreitada.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Os terrenos da antiga SOMARTIS vão voltar a ganhar vida

Viana vai ter uma nova ponte sobre o rio Lima

Da antiga SOMARTIS nem a chaminé escapou à demolição

Sondagem: Socialistas lideram em Viana do Castelo

Dia Internacional de Limpeza Costeira