Avançar para o conteúdo principal

Escola Frei Bartolomeu dos Mártires substituída por nova que custa 11,7 ME

A Câmara de Viana do Castelo vai lançar a concurso público, por mais de onze milhões de euros, a obra de substituição da Escola Frei Bartolomeu dos Mártires, que a própria autarquia admite ter "péssimas condições". 
A proposta da maioria socialista que lidera a Câmara, à qual a Lusa teve hoje acesso, prevê um prazo para a construção da "nova" EB1,2,3 Frei Bartolomeu dos Mártires de 18 meses. 
O lançamento do concurso público internacional para esta obra, com um preço base de 11,7 milhões de euros, será discutido e votado em reunião do executivo municipal, esta quinta-feira. 
A autarquia, liderada desde 2009 pelo socialista José Maria Costa, tinha já definido, anteriormente, que a substituição daquela escola era "uma das grandes prioridades", por funcionar em "péssimas condições". 
Esta chegou a integrar a lista oficial do Ministério da Educação e Ciência (MEC) das escolas com cobertura de fibrocimento (com amianto), material perigoso que ainda não foi removido pela perspetiva de realização de obras. 
Precisamente na mesma reunião do executivo municipal - que decorrerá à porta fechada, a partir das 18:00 - será discutido um voto de protesto apresentado pela oposição (CDU) face ao "atraso" nestas obras e, nomeadamente, na remoção desta cobertura. 
A construção da nova escola, processo a conduzir pela autarquia e pelo MEC, deverá ser comparticipada por fundos comunitários e permitirá ainda a fusão de três níveis de ensino no mesmo espaço, no centro da cidade de Viana do Castelo. 
A atual escola Frei Bartolomeu dos Mártires data de 1980 e, segundo fonte do estabelecimento de ensino, "sofre atualmente de um problema de sobrelotação", distribuindo-se por cinco pavilhões que, "pese embora o cuidado posto na sua manutenção e conservação, evidenciam o natural desgaste decorrente da sua utilização". 
Além da beneficiação da atual escola, ao futuro espaço será acrescentada a valência de primeiro ciclo, com a prevista desativação da Escola do Carmo, também no centro da cidade. 
Passará a receber, de acordo com a estimativa de 2011, cerca de 800 alunos em 38 turmas. 
"A vantagem é que os alunos da antiga escola primária poderão também utilizar a cantina, o pavilhão desportivo e algumas áreas mais tecnológicas através desta partilha de espaços", disse, em novembro de 2011, o autarca José Maria Costa. 

Fonte: Agência Lusa (19.02.2014)

Comentários

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Já pouco resta…

Viana do Castelo, 16 de maio de 2022. Já pouco resta do Edifício Jardim, mais conhecido por Prédio Coutinho.

Cortejo académico converte ruas de Viana em palco de festa

O Cortejo Académico do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), marcado pela amizade, alegria e cerveja - mui­ta cerveja - animou hoje várias ruas da cidade. Entre saltos e cantoria, milhares de alunos, a pé ou em carros alegóricos, tornaram o cortejo “molhado”, dando “banhos” de cerveja uns aos outros.

Cartaz da Romaria d’Agonia 2022 com 60 propostas a concurso

Sessenta trabalhos concorrem ao prémio de melhor cartaz da Romaria de Nossa Senhora d’Agonia de Viana do Castelo de 2022. O vencedor, para além de ver o seu trabalho utilizado para a divulgação pública da Romaria de Nossa Senhora d’Agonia 2022 a nível Nacional e Internacional, será contemplado com um prémio monetário no valor de 750,00€.  O resultado do concurso vai ser conhecido no dia 26 de maio. A Romaria d’Agonia deste ano vai realizar-se em Viana do Castelo de 17 a 21 de agosto. (Na imagem são mostrados os cinco últimos cartazes vencedores, 2017 a 2021)

Vegetação toma conta do Castelo de Santiago da Barra

Derivado ao interesse histórico e cultural, é urgente que se proceda de imediato à limpeza da vegetação, quer no interior quer na envolvente do Castelo de Santiago da Barra, por forma a dignificar a imagem do monumento e possibilitar o seu usufruto pelos cidadãos de Viana do Castelo e pelos turistas, nacionais e estrangeiros. A vegetação cresce sem qualquer controlo (em alguns sítios chega a alcançar mais de 1 metro de altura), impossibilitando muitas vezes a circulação pelo mesmo. Em julho de 2021, o presidente do Turismo do Porto e Norte disse, em declarações à LUSA, que a reabilitação, por mais de um milhão de euros, do Castelo Santiago da Barra, em Viana do Castelo, onde se encontra instalada a sede da entidade, vai ser candidatada a fundos europeus.  Enquanto esses fundos europeus não chegam para que seja feita essa intervenção mais profunda, era importante que, entretanto, o TPN mandasse efetuar mais vezes o corte da vegetação e limpeza, de modo a evitar o aspeto degradante que a