Avançar para o conteúdo principal

Um milhão de euros para requalificar Santuário de Santa Luzia

Templo de Santa Luzia, Viana do Castelo

A Confraria de Santa Luzia vai lançar a concurso público, em novembro, um investimento de um milhão de euros integrado no plano de requalificação daquele santuário, em Viana do Castelo, disse à Lusa o presidente da instituição. 
"É esse o nosso propósito. Estamos a trabalhar nas últimas formalidades para que esse prazo seja cumprido e estamos também atentos à definição do novo quadro comunitário de apoio. Desde abril que estamos a preparar candidaturas para os planos que temos para Santa Luzia", afirmou André Alves. 
Em causa está a construção de um edifício polivalente que se destina a receber as novas instalações da confraria, mas também para acolher um albergue de peregrinos, o arquivo e o museu do templo de Santa Luzia, dedicado ao Sagrado Coração de Jesus. 
O projeto, integrado no plano global de requalificação do santuário traçado pela Confraria e para concretizar em dez anos, vai contar com o apoio técnico da Câmara Municipal. 
O protocolo de colaboração entre as duas instituições vai ser apreciado na quinta-feira, em reunião ordinária do executivo municipal. 
No documento, a autarquia "compromete-se a prestar, de forma gratuita, o apoio técnico de arquitetura, engenharia, acompanhamento de gestão de projetos de investimento financiados por fundos públicos, apoio administrativo para o lançamento do concurso público e a participação do gabinete de arqueologia do município para acompanhamento e eventual intervenção arqueológica".
Em contrapartida, lê-se no acordo, "a confraria compromete-se a manter aberto o equipamento e espaço envolvente, sendo que a implementação do protoloco será acompanhada por uma comissão de acompanhamento". 
Para André Alves trata-se "de uma união de vontades e esforços em torno de um objetivo comum, a aposta no turismo religioso".
De acordo com os números da Confraria, a que a Lusa teve acesso, entre janeiro e 31 de agosto último 50.258 pessoas acederam (entrada paga) ao zimbório existente no topo daquele templo-monumento, o ponto mais alto de Viana do Castelo e que avista uma paisagem de vários quilómetros.
O projeto de reordenamento e beneficiação da zona envolvente àquele monumento nacional classificado foi apresentado em março passado, durante as comemorações dos 130 anos da confraria, sendo apelidado como um "Programa Polis de Santa Luzia". 
Já este ano, em junho foi inaugurado o anfiteatro, com capacidade para acolher cerca de 700 pessoas sentadas, num investimento de 100 mil euros. 
As obras estão divididas em três fases e preveem ainda o "redesenho" da praça do santuário, reorganizando a circulação automóvel e pedonal no local, nomeadamente "eliminando o estacionamento na frente do templo e reduzindo a área de paragem de autocarros". 
Está igualmente prevista a construção de um bar/restaurante panorâmico além de um espaço de culto e para conferências, ambos por baixo da praça principal junto ao templo, com vista para a cidade. 
A confraria vai promover ainda a "reorganização geral do espaço exterior a norte do templo", nomeadamente para "ampliar substancialmente a área de estacionamento". 
Projetado pelo arquiteto Ventura Terra, o templo-monumento de Santa Luzia, cuja construção decorreu entre 1904 e 1943, é hoje um verdadeiro ex-líbris de Viana do Castelo, sobranceiro à cidade na montanha com o mesmo nome.

Fonte: Agência Lusa (14.10.2014)

Comentários

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

O Desfile da Mordomia na Romaria d’Agonia

O Desfile da Mordomia é um dos momentos de maior destaque naquela que é considerada a Rainha das Romarias de Portugal. Depois de dois anos de ausência daquele número devido à pandemia, na Romaria d’Agonia 2022 é esperado um recorde de participações. Cerca de 800 mordomas (número máximo aceite pela organização) irão estar no desfile que vai decorrer no dia 18 de agosto. Em 2019 participaram no desfile 619 mordomas. O Desfile da Mordomia é considerado a maior montra de trajes e ouro ao ar livre do país. No deste ano, estima-se que o valor total do ouro que as 800 mordomas vão usar (2,5 quilogramas, em média, cada uma), calculado com base no preço atual, atinja os 94 milhões de euros.

0 Bar da Estação

  O BAR DA ESTAÇÃO, um bar com marcas do passado, onde o balcão imponente e decorado com fotografias a recordar as antigas locomotivas a vapor, o elegante móvel encostado a uma parede onde são expostas bebidas e outros artigos, o revestimento do chão e mais fotografias nas paredes, são alguns elementos decorativos do espaço. Um ponto de encontro de pessoas tanto nas partidas, como nas chegadas à estação ferroviária de Viana do Castelo.   O bonito edifício da estação ferroviária de Viana do Castelo foi projetado pelo Eng.º Alfredo Soares. Começou a ser construído em 1878 e concluiu-se 5 anos mais tarde. Foi aberto ao público em 1882 e inaugurado a 25 de março de 1887. Veja imagens do exterior do belo edifício da estação ferroviária de Viana do Castelo, clicando AQUI .

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.

Viana do Castelo volta a dedicar Feira de Artesanato aos artesãos do concelho

Várias dezenas de artesãos de Viana do Castelo são esperados na Feira de Artesanato da Romaria da Senhora d’Agonia, que assinala 105 anos da sua primeira edição e que vai realizar-se no Jardim Público da cidade, de 06 a 21 de agosto de 2022. As inscrições arrancam hoje através do site oficial www.festasdagonia.com. De acordo com o regulamento da feira, disponível no site oficial em www.festasdagonia.com, esta volta a realizar-se no Jardim Público, promovida pela VianaFestas e pela Comissão de Festas da Romaria da Senhora d’Agonia. As inscrições dos artesãos, de caráter obrigatório, decorrem de 09 de junho até 03 de julho.    Em 2022, a feira vai decorrer de 06 a 16 de agosto das 16:00 às 23:00, passando de 17 a 21 de agosto a ter lugar das 10:00 às 24:00. A Feira-Exposição de Artesanato das Festas de Nossa Senhora d’Agonia remonta a 1917, quando se realizou a primeira exposição de lavores regionais, chegando aos dias de hoje como um evento âncora da cidade, com dezenas de artesãos. A s

Os rostos, os trajes e o ouro das Mordomas da Romaria D’Agonia

Começou hoje a Romaria da Senhora da Agonia com o tradicional desfile da Mordomia. Centenas de Mordomas percorreram as ruas da cidade envergando os trajes à Vianesa que tão bem identificam Viana do Castelo. Espalharam pela cidade muita beleza, muitos sorrisos, o colorido dos seus trajes e o brilho do ouro, perante milhares de vianenses e visitantes.