Avançar para o conteúdo principal

Candidata a Miss Universo desfila com traje regional de Viana

Patrícia da Silva, de 24 anos, nascida na Suíça e filha de pais portugueses, representante de Portugal no conceituado concurso de beleza, usou, na Gala Preliminar, durante o desfile para a Prova de Trajes Tradicionais, um fato típico de Viana do Castelo. 
A grande final da edição deste ano do concurso Miss Universo acontece este domingo, dia 25, na Arena da Universidade Internacional da Florida, em Miami, nos Estados Unidos.

Comentários

  1. Ideia interessante !
    Só falha por um pormenor a expressão da pessoa não é natural , mas sim forçada .
    Desejo as maiores felicidades à concorrente .
    Ao autor da ideia os meus sinceros parabéns.
    Quanto a pormenores de vestimenta deixo-os para o "expert " e mestre Bul-tê-lho All-Puim .

    ResponderEliminar
  2. José Manuel Pires23 fevereiro, 2015 21:46

    No dia 21 de fevereiro em Santa Marta de Portuzelo realizou-se uma tertúlia sobre o tema " Autenticidade no trajar , património a defender " na Sede do Grupo Folclórico de Santa Marta de Portuzelo.
    Foram intervenientes o Eng. Manuel Augusto Almeida, O inspetor António Lopes Pires, a Senhora Laura Maria Balsemão Campos e a Dra. Maria Graça Ramos, e o Senhor Ilídio Ramos.
    Apesar de o tema abordar matérias sensíveis. Temos de aceitar opiniões. O local e a casa convidava o publico em geral para a discussão de temas regionais.
    Há pontos de vista que na área etnográfica , não se compadecem com a historia dos trajes e costumes .
    Temos de ouvir , trocar ideias, falar , e tirar conclusões.
    Para os bairristas é difícil aceitar certas verdades.
    Entre o publico em geral , notei a ausência dos historiadores da nossa terra .
    As pessoas que regularmente abordam estes assuntos, colaboram em livros. Foi pena que se esquecessem deste importante debate.
    Onde estava o senhor João Alpuim Botelho, Benjamim Pereira, António Medeiros e outros com responsabilidades acrescidas nestas matérias . Estes mestres,foram intervenientes na publicação de um livro ?
    A sua ausência foi notada.
    O tema e cartazes estavam bem publicitados na nossa cidade . Apesar de algumas pessoas terem sido convidades ,alguns recusaram-se a participar na discussão do tema. Sabendo estes que estavam na palestra pessoas com valor , com muitos conhecimentos na área etnográfica, bem documentados, e que o tema a abordar seria polémico.
    Todavia têm toda a legitimidade e estão no direito de recusar a participar .
    Não gostei da atitude da Dra. Graça , sabendo que fora convidada para a palestra e interveniente na mesa , desculpou-se que tinha de ir embora para o Porto e ausentou-se logo no inicio do debate.
    Quando foi convidada sabia bem para onde ia !
    Compreendi a sua atitude .
    Apesar de tudo gostei de ouvir os intervenientes. Fiquei atento a alguns assuntos focados. Fato de Dó, o fato de lavradeira.
    Claudio Basto autor do livro "traje á vianesa ", foi tema em debate . Feita análise da sua obra , resumidamente, foi comentado que o fato à Vianesa descrito na obra se apresenta duma forma confusa.
    Estes temas são necessários , a critica também faz falta para não se adulterar a verdade.
    Alguém disse em dado momento na tertúlia " dum ponto se faz um conto ". O traje à vianesa como tema tinha duas vertentes o campo cultural e o campo etnográfico. Na parte cultural há muito a desenvolver e a investigar. Na parte etnográfica somos bem ricos nesta matéria. Como regularmente se está habituado abordar os temas regionais e etnográficos, sempre da mesma maneira, e os interlocutores serem sempre os mesmos. É difícil aceitar mudanças e correções.
    Espero voltar a rever este tema que poderia dar pano para mangas e estar-se a falar-se horas a fio Apesar de a tertúlia ter acabado às 2 horas da Manhã o tema não tinha fim, muitos assuntos eram pertinentes. Foi pena não se ter abordado o fato de Meia Senhora e a sua verdade histórica.
    Parabéns a comissão organizadora pela iniciativa e coragem em convidar especialistas em etnografia de fora da terra.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Natal 2022 em Viana do Castelo com mais ruas iluminadas e um investimento de 160 mil euros

A Câmara de Viana do Castelo aprovou hoje, por unanimidade, um investimento de 160 mil euros na animação de Natal, menos 10 mil do que em 2021, com “mais ruas iluminadas” e espetáculos multimédia em toda a Avenida dos Combatentes. Segundo o presidente da Câmara de Viana do Castelo, que falava durante a reunião camarária para apresentar protocolo de cooperação entre o município e a Associação Empresarial, o valor destinado à animação de Natal 2022 representa uma poupança de 10 mil euros, em relação ao investimento do ano passado, sendo que, durante os meses de dezembro e janeiro, “haverá mais ruas iluminadas” e que o os espetáculos multimédia, que até agora preenchiam cerca de metade da Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, vão ser alargados a toda a extensão da principal artéria da cidade. Os espetáculos multimédia, diários, consistem em jogos de luzes sincronizados com música e, atraem centenas de pessoas. Luís Nobre anunciou ainda que a árvore de Natal 3D, com cerca de 30 metros

Viana acende luzes de Natal a 02 de dezembro

As iluminações de Natal vão acender-se nas ruas da cidade de Viana do Castelo no dia 02 de dezembro, e estarão ligadas de segunda-feira a quinta-feira, das 18h00 às 22h00 e, às sextas-feiras e fins-de-semana, o horário será alargado, entre as 18h00 e a 00h00. A programação de Natal será anunciada pela Câmara de Viana no próximo dia 25 de novembro. (Notícia atualizada em 25 nov 2022 com mais informação)

Viana do Castelo vai receber o Natal e Passagem de Ano com concertos, animação de rua, exposições…

De 01 de dezembro de 2022 a 08 de janeiro de 2023 a cidade vive intensamente as festividades do Natal e da chegada do Ano Novo.  A programação “Viana, Coração do Natal”, organizada pela Câmara Municipal de Viana do Castelo em parceria com a Associação Empresarial de Viana do Castelo, é bastante diversificada. O programa inclui propostas em vários locais na cidade, para que miúdos e graúdos possam celebrar esta época festiva. Praça Natal, Mercado de Natal, atividades infantis, concertos, animação de rua, exposições e passagem de ano, são sugestões de coisas para fazer este Natal, sozinho, entre amigos ou em família. Destaques da Programação > A 02 de dezembro, são inauguradas as iluminações de Natal nas ruas da cidade, em parceria com a Associação Empresarial de Viana do Castelo. Este ano, as iluminações estarão ligadas de segunda-feira a quinta-feira, das 18h00 às 22h00 e, às sextas-feiras e fins-de-semana, o horário será alargado, entre as 18h00 e a 00h00. > A Praça da República

Em Viana ainda se vendem os tradicionais presépios em barro

Nos últimos anos, nesta quadra, há uma banca que é montada junto ao Jardim Público, onde ainda é possível comprar pequenas peças coloridas em barro, meio toscas, para montar um presépio tradicional português. São muitas dezenas de peças com origem na região de Barcelos, que retratam o Menino Jesus, Nossa Senhora, São José, manjedoura, burro, vaca, reis magos sobre camelos, moleiro e o seu moinho, rebanhos, fanfarras, o castelo, o casario, a igreja, o padre, entre muitas outras personagens. Um costume que parece um pouco afastado das casas dos portugueses, mas que alguns ainda mantêm o encanto de o montar à moda antiga.

Já se acenderam as luzes de Natal em Viana do Castelo

As iluminações estão presentes em várias ruas de Viana, engalanando ainda duas entradas da cidade, praças e rotundas até ao dia 08 de janeiro de 2023. Este ano, as iluminações estarão ligadas de segunda-feira a quinta-feira, das 18h00 às 22h00 e, às sextas-feiras e fins-de-semana, o horário será alargado, entre as 18h00 e as 00h00.