Avançar para o conteúdo principal

Porto de Leixões absorve porto de Viana do Castelo


O porto de Leixões passou a integrar a partir de 1 de Janeiro deste ano a APVC - Administração do Porto de Viana do Castelo, S.A., que se extinguiu. 
Em resultado da fusão por incorporação da administração do porto de Viana do Castelo no porto de Leixões, a empresa centenária APDL passou a designar-se Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo. 
"O processo de fusão, que decorreu num ambiente laboral e profissional de grande tranquilidade, com a colaboração de todos os ‘stakeholders', potencia um conjunto significativo de vantagens, destacando-se a criação de sinergias pela integração dos portos numa só estrutura organizacional e das diferentes experiências nas áreas da exploração e gestão das infra-estruturas portuárias; a implementação de uma gestão complementar dos dois portos, potenciando a melhoria da eficiência da gestão com o melhor aproveitamento dos meios disponíveis", sublinha um comunicado da APDL. 
A administração do porto de Leixões relva também em benefício desta fusão o aumento da operacionalidade e a melhoria dos serviços prestados; a racionalização dos recursos técnicos, humanos e financeiros; a redução dos custos administrativos e de funcionamento; e o acréscimo da capacidade negocial junto dos fornecedores e instituições financeiras. 
"A estratégia de gestão da nova empresa, que mantém o mesmo conselho de administração, focaliza-se na definição de um novo modelo de negócio e desenvolvimento de exploração da actividade do porto de Viana do Castelo, no sentido de este beneficiar das sinergias dos elevados conhecimentos e competências técnicas nas áreas operacionais, administrativas e de gestão já aplicadas no porto de Leixões", adianta o referido comunicado da APDL. 
"Desta forma, estão criadas as condições para melhorar a qualidade de oferta de serviços daquele porto e desenvolver uma gestão comercial mais agressiva que conduza à angariação de novos clientes e ao aumento do movimento portuário", antevê a administração do porto de Leixões. 

Notícia do Jornal Económico de 08.01.2015

Comentários

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

O Desfile da Mordomia na Romaria d’Agonia

O Desfile da Mordomia é um dos momentos de maior destaque naquela que é considerada a Rainha das Romarias de Portugal. Depois de dois anos de ausência daquele número devido à pandemia, na Romaria d’Agonia 2022 é esperado um recorde de participações. Cerca de 800 mordomas (número máximo aceite pela organização) irão estar no desfile que vai decorrer no dia 18 de agosto. Em 2019 participaram no desfile 619 mordomas. O Desfile da Mordomia é considerado a maior montra de trajes e ouro ao ar livre do país. No deste ano, estima-se que o valor total do ouro que as 800 mordomas vão usar (2,5 quilogramas, em média, cada uma), calculado com base no preço atual, atinja os 94 milhões de euros.

0 Bar da Estação

  O BAR DA ESTAÇÃO, um bar com marcas do passado, onde o balcão imponente e decorado com fotografias a recordar as antigas locomotivas a vapor, o elegante móvel encostado a uma parede onde são expostas bebidas e outros artigos, o revestimento do chão e mais fotografias nas paredes, são alguns elementos decorativos do espaço. Um ponto de encontro de pessoas tanto nas partidas, como nas chegadas à estação ferroviária de Viana do Castelo.   O bonito edifício da estação ferroviária de Viana do Castelo foi projetado pelo Eng.º Alfredo Soares. Começou a ser construído em 1878 e concluiu-se 5 anos mais tarde. Foi aberto ao público em 1882 e inaugurado a 25 de março de 1887. Veja imagens do exterior do belo edifício da estação ferroviária de Viana do Castelo, clicando AQUI .

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.

Viana do Castelo volta a dedicar Feira de Artesanato aos artesãos do concelho

Várias dezenas de artesãos de Viana do Castelo são esperados na Feira de Artesanato da Romaria da Senhora d’Agonia, que assinala 105 anos da sua primeira edição e que vai realizar-se no Jardim Público da cidade, de 06 a 21 de agosto de 2022. As inscrições arrancam hoje através do site oficial www.festasdagonia.com. De acordo com o regulamento da feira, disponível no site oficial em www.festasdagonia.com, esta volta a realizar-se no Jardim Público, promovida pela VianaFestas e pela Comissão de Festas da Romaria da Senhora d’Agonia. As inscrições dos artesãos, de caráter obrigatório, decorrem de 09 de junho até 03 de julho.    Em 2022, a feira vai decorrer de 06 a 16 de agosto das 16:00 às 23:00, passando de 17 a 21 de agosto a ter lugar das 10:00 às 24:00. A Feira-Exposição de Artesanato das Festas de Nossa Senhora d’Agonia remonta a 1917, quando se realizou a primeira exposição de lavores regionais, chegando aos dias de hoje como um evento âncora da cidade, com dezenas de artesãos. A s

Os rostos, os trajes e o ouro das Mordomas da Romaria D’Agonia

Começou hoje a Romaria da Senhora da Agonia com o tradicional desfile da Mordomia. Centenas de Mordomas percorreram as ruas da cidade envergando os trajes à Vianesa que tão bem identificam Viana do Castelo. Espalharam pela cidade muita beleza, muitos sorrisos, o colorido dos seus trajes e o brilho do ouro, perante milhares de vianenses e visitantes.