Avançar para o conteúdo principal

ENVC: Depois de concessionados, não falta trabalho


Nos últimos três anos antes da concessão, os Estaleiros Navais de Viana do Castelo estiveram praticamente sem trabalho. Foram cerca de 600 trabalhadores que diariamente vestiam o fato macaco à espera que o trabalho chegasse, mas em vão. Foram três anos em que os trabalhadores recebiam para não fazer nada. Não se construíam nem se reparavam navios. Vá-se lá saber porquê. Quem falhou?
Depois da subconcessão à empresa Martifer, em janeiro de 2014 , não têm faltado reparações de navios e até o estado já tem disponibilidade de mandar construir novos navios para a Marinha, nos estaleiros da WestSea, o que pelos vistos não tinha antes da concessão.
Conforme Resolução do Conselho de Ministros publicada no Diário da República de 8 de junho de 2015, o Governo acaba de autorizar a Marinha a realizar a despesa relativa à aquisição de dois navios-patrulha oceânicos da classe «Viana do Castelo», até ao montante máximo de 77 000 000,00 EUR, a que acresce o IVA à taxa legal em vigor, com recurso ao procedimento por negociação sem publicação de anúncio, com consulta às sociedades comerciais WEST SEA S.A., e EDISOFT S.A., em regime de consórcio a constituir no momento da adjudicação. 
Ainda bem que agora há trabalho, para bem dos trabalhadores, da economia do concelho, da região e do País, mas que se passaram situações um pouco incompreensíveis neste processo, parece ninguém ter dúvidas. Recorde-se que o atual Governo decidiu anular em 2012, a encomenda aos ENVC de seis Navios-Patrulha Oceânicos (NPO) e cinco Lanchas de Fiscalização Costeira (LFC), negócio avaliado em cerca de 400 milhões de euros.  

Veja AQUI o D.R. que autoriza a despesa relativa à aquisição de dois navios-patrulha oceânicos «Viana do Castelo».

Comentários

  1. Os Governantes que temos em Portugal nao prestam e infelizmente nao existe justica para esses ditos senhores que so cometem erros lesam o Pais e nunca sao respopnsaveis de nada e o Pais que somos pobre Portugal.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Natal 2022 em Viana do Castelo com mais ruas iluminadas e um investimento de 160 mil euros

A Câmara de Viana do Castelo aprovou hoje, por unanimidade, um investimento de 160 mil euros na animação de Natal, menos 10 mil do que em 2021, com “mais ruas iluminadas” e espetáculos multimédia em toda a Avenida dos Combatentes. Segundo o presidente da Câmara de Viana do Castelo, que falava durante a reunião camarária para apresentar protocolo de cooperação entre o município e a Associação Empresarial, o valor destinado à animação de Natal 2022 representa uma poupança de 10 mil euros, em relação ao investimento do ano passado, sendo que, durante os meses de dezembro e janeiro, “haverá mais ruas iluminadas” e que o os espetáculos multimédia, que até agora preenchiam cerca de metade da Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, vão ser alargados a toda a extensão da principal artéria da cidade. Os espetáculos multimédia, diários, consistem em jogos de luzes sincronizados com música e, atraem centenas de pessoas. Luís Nobre anunciou ainda que a árvore de Natal 3D, com cerca de 30 metros

Viana acende luzes de Natal a 02 de dezembro

As iluminações de Natal vão acender-se nas ruas da cidade de Viana do Castelo no dia 02 de dezembro, e estarão ligadas de segunda-feira a quinta-feira, das 18h00 às 22h00 e, às sextas-feiras e fins-de-semana, o horário será alargado, entre as 18h00 e a 00h00. A programação de Natal será anunciada pela Câmara de Viana no próximo dia 25 de novembro. (Notícia atualizada em 25 nov 2022 com mais informação)

Viana do Castelo vai receber o Natal e Passagem de Ano com concertos, animação de rua, exposições…

De 01 de dezembro de 2022 a 08 de janeiro de 2023 a cidade vive intensamente as festividades do Natal e da chegada do Ano Novo.  A programação “Viana, Coração do Natal”, organizada pela Câmara Municipal de Viana do Castelo em parceria com a Associação Empresarial de Viana do Castelo, é bastante diversificada. O programa inclui propostas em vários locais na cidade, para que miúdos e graúdos possam celebrar esta época festiva. Praça Natal, Mercado de Natal, atividades infantis, concertos, animação de rua, exposições e passagem de ano, são sugestões de coisas para fazer este Natal, sozinho, entre amigos ou em família. Destaques da Programação > A 02 de dezembro, são inauguradas as iluminações de Natal nas ruas da cidade, em parceria com a Associação Empresarial de Viana do Castelo. Este ano, as iluminações estarão ligadas de segunda-feira a quinta-feira, das 18h00 às 22h00 e, às sextas-feiras e fins-de-semana, o horário será alargado, entre as 18h00 e a 00h00. > A Praça da República

Em Viana ainda se vendem os tradicionais presépios em barro

Nos últimos anos, nesta quadra, há uma banca que é montada junto ao Jardim Público, onde ainda é possível comprar pequenas peças coloridas em barro, meio toscas, para montar um presépio tradicional português. São muitas dezenas de peças com origem na região de Barcelos, que retratam o Menino Jesus, Nossa Senhora, São José, manjedoura, burro, vaca, reis magos sobre camelos, moleiro e o seu moinho, rebanhos, fanfarras, o castelo, o casario, a igreja, o padre, entre muitas outras personagens. Um costume que parece um pouco afastado das casas dos portugueses, mas que alguns ainda mantêm o encanto de o montar à moda antiga.

Já se acenderam as luzes de Natal em Viana do Castelo

As iluminações estão presentes em várias ruas de Viana, engalanando ainda duas entradas da cidade, praças e rotundas até ao dia 08 de janeiro de 2023. Este ano, as iluminações estarão ligadas de segunda-feira a quinta-feira, das 18h00 às 22h00 e, às sextas-feiras e fins-de-semana, o horário será alargado, entre as 18h00 e as 00h00.