Uma das jóias da Igreja da Misericórdia de Viana do Castelo


A Igreja da Misericórdia de Viana do Castelo é detentora de um Monumental Órgão de Tubos com cerca de três séculos. É um dos mais importantes e antigos órgãos de tubos do País e um dos poucos do género ainda em funcionamento em Portugal. 
Esta verdadeira jóia do património religioso e cultural de Viana do Castelo, esteve inativo durante mais de 30 anos, tendo voltado a tocar no dia 24 de Julho de 2010, após ter sido submetido a um profundo trabalho de restauro, que teve início no ano de 2002, prolongando-se até 2010.

“...adjudicado ao Padre Lourenço da Conceição, organeiro portuense, resulta do aproveitamento da caixa e dos canos de um outro anterior do qual se aproveitaram em parte a caixa e os canos. Ladeando o órgão verdadeiro existe um falso órgão que consta unicamente da caixa para criar simetria na ocupação do espaço. O risco para alteração da caixa do órgão verdadeiro e do órgão falso é da autoria de Manuel Pinto de Vila Lobos, tendo o trabalho sido executado por Pedro Salgado, mestre escultor de Barcelos."

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Finalmente

Afife, a única praia ZERO POLUIÇÃO no concelho de Viana

Quarenta e seis propostas concorrem ao prémio de melhor cartaz para a Romaria d’Agonia 2021

Praias de Viana com Bandeira Azul, Qualidade de Ouro e Zero Poluição