Avançar para o conteúdo principal

Bacalhau à Viana preenche fim-de-semana gastronómico


São cerca de quarenta os restaurantes de Viana do Castelo que aderem ao fim-de-semana dedicado ao Bacalhau à Viana e à Torta de Viana, uma sobremesa tradicional, nos dias 18, 19 e 20 de março.
A iniciativa é da Câmara Municipal e do Turismo do Porto e Norte de Portugal.

A gastronomia e o património monumental e ambiental fazem de Viana do Castelo um destino turístico que oferece a quem a visita vastos motivos de encanto e brinda o paladar com requintados e substanciados prazeres. Viana do Castelo está, desde sempre, ligada ao fiel amigo, o bacalhau. Daqui partiam para a Terra Nova e Gronelândia, os bacalhoeiros carregados de fé e com esperança numa boa faina. 
Por lá ficavam seis meses, após o que regressavam às suas terras. E o bacalhau assentou arraiais, gastronomicamente, neste concelho, fazendo dele o centro de todas as atenções dos gastrónomos fiéis a uma boa bacalhoada. 

Bacalhau à Viana 
Ingredientes: 220 g de bacalhau em posta, 30 g cebola, 2 dentes de alho, Pimentão–doce colorau q.b, 150 g de batata, 100 g couve portuguesa, 1 fatia de broa, 1/2 l de azeite. 
Confitar o bacalhau com a cebola em meia-lua e alho picado e pimentão-doce (cozer em baixa temperatura no azeite). Cozer a batata com pele e alourar no mesmo azeite (às rodelas grossas).
Cortar uma fatia de broa e fritar em azeite. Saltear a couve cozida em azeite e alho. Dispor no prato ou travessa com disposição adequada. Decorar com azeitona (pasta de azeitona) e salsa. 

Torta de Viana 
Ingredientes: 10 gemas, 4 ovos inteiros, 200g. de açúcar, 170g. de farinha, Aroma de laranja ou limão. Batem-se as gemas com o açúcar e deita-se a raspa de limão ou laranja, conforme o gosto. Batem-se também as claras em castelo e junta-se à massa. A seguir, deita-se a farinha, que deve ser peneirada, bate-se levemente, e vai ao forno em tabuleiro forrado com papel. Não se deve deixar cozer de mais para não ser difícil de enrolar. Recheio: 4 gemas, 100g. de açúcar. O açúcar é posto em ponto brando, deita-se nas gemas já batidas e vai ao lume a levantar fervura. Desenforma-se a massa sobre um pano polvilhado com açúcar pilé. Recheia-se a torta com o doce de ovos e enrola-se cuidadosamente. 

Animação 
Na manhã de Sábado, dia 19 de março, realiza-se na Praça da República, entre as 10h00 e as 17h00, o Feirão da Patanisca, onde poderá saborear, como aperitivo ao “Bacalhau à Viana”, as tradicionais especialidades vianenses, à base do “fiel amigo”: pataniscas, bolinhos de bacalhau, bacalhau frito, sonhos e, também, os tradicionais enchidos de tempero caseiro e os docinhos à moda de Viana. Neste Feirão, atuarão Grupos Folclóricos do concelho. Para além da boa gastronomia e animação, a cidade de Viana do Castelo oferece muitas outras atividades culturais e de lazer, nomeadamente espetáculos e exposições. Neste fim-de-semana, aproveite para visitar o Museu do Traje, o Museu de Artes Decorativas os Núcleos Museológicos de Arqueologia da Casa dos Nichos e da Igreja das Almas, com entrada gratuita, e ainda o Navio-Hospital Gil Eanes.

Restaurantes aderentes: 


Comentários

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

O que ficou da antiga Praça de Touros

Da demolição praticamente integral da antiga Praça de Touros de Viana do Castelo, só ficou de pé uma pequena parte da fachada principal (ver foto). Conforme se pode verificar numa das fotografias, essa reduzida parte do velho edifício já se encontra integrada na nova construção, a Praça Viana, equipamento desportivo destinado à prática de várias modalidades em simultâneo. O projeto para a Praça Viana foi elaborado tendo como base o antigo edifício da Praça de Touros, mantendo as caraterísticas arquitetónicas do mesmo ao nível da fachada exterior e volumetria. A Praça de Touros de Viana do Castelo foi construída em 1948. O último espetáculo tauromáquico aconteceu em agosto de 2008, por altura da Romaria da Senhora d'Agonia. Estava encerrada desde 2009, altura em que Viana do Castelo se declarou cidade antitouradas. A demolição teve início em abril de 2021.

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.

Hoje está de parabéns!

O Palácio da Justiça está localizado na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra. Atualmente é sede do Tribunal Judicial da Comarca de Viana do Castelo. Projetado pelo arquiteto Francisco Augusto, o edifício começou a ser construído em 1951 e foi inaugurado em 28 de Junho de 1959. No interior do Palácio da Justiça é de realçar a existência de vários vitrais com grande valor artístico, representando a Justiça, as forças do mal, as forças do bem, as tábuas da Lei, a morte e a vida…

Demolição completa com fim à vista

Viana do Castelo, 21 de junho de 2022, Edifício Jardim (Prédio Coutinho).

Para cumprir promessa centenária milhares de fiéis sobem ao monte de Santa Luzia

Realiza-se amanhã, domingo, dia 26 de junho, a partir das 9h00, a Peregrinação Diocesana ao Sagrado Coração de Jesus, no monte de Santa Luzia, em Viana do Castelo. Às 11h00 terá lugar a celebração da Eucaristia que decorrerá no anfiteatro situado no jardim das Tílias, junto ao santuário do Sagrado Coração de Jesus, celebração presidida por D. João Lavrador. A ORIGEM DESTA PROMESSA  Em 1918 a peste pneumónica assolava toda a população e na cidade de Viana do Castelo realizou-se uma procissão, a 10 de novembro, onde se prometeu subir ao monte de Santa Luzia e fazer a consagração à imagem do Sagrado Coração de Jesus aí presente, se a peste parasse. Tal facto registou-se e por isso a promessa teve de ser cumprida. Impedidos de o fazer em 1919 e 1920, só no ano de 1921 a promessa foi cumprida e repetida todos os anos. Fotografias do Santuário do Sagrado Coração de Jesus (24 JUN 2022).