Avançar para o conteúdo principal

PRAÇA DE TOUROS | Anteprojeto de reconversão

A construção de uma pista de atletismo a dez metros de altura, com 200 metros de extensão e vista panorâmica é uma das valências do 'campus' desportivo que vai nascer na antiga praça de touros de Viana do Castelo. 
Em declarações hoje à agência Lusa, a propósito da conclusão do anteprojeto de reconversão da antiga praça de touros em 'campus' desportivo, o presidente da Câmara revelou que a infraestrutura, a criar no exterior e abrangendo todo o perímetro do edifício, poderá ser utilizada por atletas e pela população para "jogging, atletismo, caminhadas entre outras atividades de manutenção física". 
A pista "será coberta", permitindo a sua utilização "mesmo em condições climatéricas adversas" e está integrada no projeto para reconversão da antiga praça de touros, um investimento de 2,5 milhões de euros que vai a concurso em abril de 2017 e que prevê a transformação da antiga arena, desativada há cerca de sete anos desde que cidade se declarou antitouradas, em espaço multiusos. 
A intervenção, "cujo projeto final será apresentado apresentado à cidade no início de 2017" está integrada no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), candidatado ao programa comunitário do Portugal 2020. 
O estudo prévio da obra, segundo o autarca socialista, prevê ainda "a criação de áreas desportivas e espaços de apoio, bancadas e uma área panorâmica destinada à restauração com vista para o rio Lima".
Na envolvente, o espaço, situado junto aquele rio "vai ser todo requalificado transformando-o num verdadeiro campus desportivo". 
A futura "Praça Viana" será "gerida pela Escola Desportiva de Viana (EDV), em regime de comodato, dotando a associação de condições adequadas para as inúmeras modalidades e para a formação dos jovens do concelho". A EDV completou em maio 40 anos de existência e tem mais de 1.300 atletas. 
À Lusa, o presidente da EDV, Rui Silva destacou que o anteprojeto, apresentado durante a festa das modalidades do clube, prevê a reconversão da antiga arena, situada no rés do chão do edifício, em espaço multiusos. 
Terá capacidade para receber, em simultâneo, várias modalidades, como voleibol, basquetebol, ginástica e contempla ainda uma zona a concessionar, destinada à prática de 'fitness'. 
O primeiro andar do redondel está destinado à área de restauração, com espaços envidraçados, com vista para o rio Lima, ao museu da EDV. Trata-se de uma área "autónoma" que permite a circulação do público e o acesso às bancadas. 
No último piso, igualmente envidraçado, será criada uma sala com 38 metros quadrados, reservada à modalidade de esgrima. 
O projeto previsto para a antiga arena, com uma área de 3.800 metros quadrados, e cerca de 65 metros de diâmetro, é da autoria do arquiteto Rui Cavaleiro, responsável pela requalificação realizada no parque da cidade, como o centro de remo e Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental (CMIA). 
A praça foi construída em 1948 e teve uma intensa atividade inicial mas, nos últimos anos, ficou reduzida a apenas um espetáculo anual, por altura da Romaria da Senhora d'Agonia, o que aconteceu pela última vez em agosto de 2008. Está encerrada desde 2009, quando Viana do Castelo se declarou cidade antitouradas. 
Chegaram a ser avançadas várias hipóteses para aquele imóvel, como um centro de Ciência Viva, um Centro de Mar - entretanto instalado a bordo do antigo navio hospital Gil Eannes - e um espaço de restauração e atividades náuticas. Até agora não foi dada qualquer utilização pública ao equipamento que se encontra "bastante degradado".

Reconversão da antiga Praça de Touros, Viana do Castelo

Reconversão da antiga Praça de Touros, Viana do Castelo

Reconversão da antiga Praça de Touros, Viana do Castelo

Reconversão da antiga Praça de Touros, Viana do Castelo

Reconversão da antiga Praça de Touros, Viana do Castelo

Comentários

  1. I love this idea it will be very good for Viana. I hope this will take place, and that the Project will include a dogpark for us that have dogs in Viana. We need desperatly a dogpark.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia, desculpem incomodar, mas será que alguém sabe porque razão não se consegue dormir á 2 noites em Viana devido ao barulho("musica") que dura ate as 6:00 da manha?
    Cidade que se diz Saudavel, e permite disturbios a noite toda? Nada contra festas e festividades mas em locais proprios e sem incomodar quem tem direito ao seu descanso.

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente.Todos temos o direito à diversão desde que não agredirmos os nossos concidadãos. Estes também tem o DIREITO ao repouso.

    ResponderEliminar
  4. Concordo com o projecto, não concordo que seja uma associação a gerir o espaço, mas sim a Câmara gerir o espaço, para venificiar todas associações da Cidade de Viana do Castelo.
    Uma câmara para todos, e não uma câmara só para alguns.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

O que ficou da antiga Praça de Touros

Da demolição praticamente integral da antiga Praça de Touros de Viana do Castelo, só ficou de pé uma pequena parte da fachada principal (ver foto). Conforme se pode verificar numa das fotografias, essa reduzida parte do velho edifício já se encontra integrada na nova construção, a Praça Viana, equipamento desportivo destinado à prática de várias modalidades em simultâneo. O projeto para a Praça Viana foi elaborado tendo como base o antigo edifício da Praça de Touros, mantendo as caraterísticas arquitetónicas do mesmo ao nível da fachada exterior e volumetria. A Praça de Touros de Viana do Castelo foi construída em 1948. O último espetáculo tauromáquico aconteceu em agosto de 2008, por altura da Romaria da Senhora d'Agonia. Estava encerrada desde 2009, altura em que Viana do Castelo se declarou cidade antitouradas. A demolição teve início em abril de 2021.

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.

Hoje está de parabéns!

O Palácio da Justiça está localizado na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra. Atualmente é sede do Tribunal Judicial da Comarca de Viana do Castelo. Projetado pelo arquiteto Francisco Augusto, o edifício começou a ser construído em 1951 e foi inaugurado em 28 de Junho de 1959. No interior do Palácio da Justiça é de realçar a existência de vários vitrais com grande valor artístico, representando a Justiça, as forças do mal, as forças do bem, as tábuas da Lei, a morte e a vida…

Demolição completa com fim à vista

Viana do Castelo, 21 de junho de 2022, Edifício Jardim (Prédio Coutinho).

Para cumprir promessa centenária milhares de fiéis sobem ao monte de Santa Luzia

Realiza-se amanhã, domingo, dia 26 de junho, a partir das 9h00, a Peregrinação Diocesana ao Sagrado Coração de Jesus, no monte de Santa Luzia, em Viana do Castelo. Às 11h00 terá lugar a celebração da Eucaristia que decorrerá no anfiteatro situado no jardim das Tílias, junto ao santuário do Sagrado Coração de Jesus, celebração presidida por D. João Lavrador. A ORIGEM DESTA PROMESSA  Em 1918 a peste pneumónica assolava toda a população e na cidade de Viana do Castelo realizou-se uma procissão, a 10 de novembro, onde se prometeu subir ao monte de Santa Luzia e fazer a consagração à imagem do Sagrado Coração de Jesus aí presente, se a peste parasse. Tal facto registou-se e por isso a promessa teve de ser cumprida. Impedidos de o fazer em 1919 e 1920, só no ano de 1921 a promessa foi cumprida e repetida todos os anos. Fotografias do Santuário do Sagrado Coração de Jesus (24 JUN 2022).