Avançar para o conteúdo principal

VIANA | Elevada a cidade há 169 anos

Viana do Castelo
A elevação de Viana do Castelo à categoria de cidade, que se assinala hoje, 20 de Janeiro, representa um dos momentos mais importantes da história local. 
A D. Afonso III, que lhe concedeu foral em 18 de Junho de 1258, deve Viana a sua fundação, mas foi a 20 de Janeiro de 1848, que D. Maria II elevou à categoria de cidade a Vila de Viana do Minho, atribuindo-lhe o nome de Viana do Castelo, como reconhecimento da sua extensão e vantajosa posição topográfica, da riqueza e importância comercial e da qualidade dos edifícios de que é composta, e tomando igualmente em consideração os importantes serviços prestados ao Estado, pelos seus habitantes, e os sentimentos de lealdade e constante adesão ao Trono e à Carta Constitucional da Monarquia. 

No 169.º aniversário da elevação de Viana do Castelo a cidade, recordamos a Carta Régia datada de 20 de Janeiro de 1848, em que a Rainha D. Maria II lhe dá essa categoria. 

“Attendendo a que a Villa de Vianna do Minho possue os elementos e recursos necessarios para bem sustentar a cathegoria de cidade, derivados da sua extensão e vantajosa posição topographica, da sua riqueza e importância comercial, e da qualidade dos edifícios de que é composta; e tomando igualmente em consideração os impor­tantes serviços prestados ao Estado pelos seus habitantes, e os sen­timentos de lealdade e constante adhesão ao Trono e à Carta Constitucional da Monarchia, que eles em differentes epochas têm manifestado por actos de acrisolada devoção cívica e heroicos feitos de valor. Por estes respeitos, e Deferindo à supplica da Câmara Municipal da mencionada Villa, em vista da informação do Governo Civil de Vianna, e da resposta fiscal do Procurador Geral da Corôa, com a qual Me conformo: Hei por bem e Me Praz, que a Villa de Vianna do Minho fique erecta em cidade, com a denominação de Cidade de Vianna do Castello, e que n’esta qualidade goze de todas as prerogativas que direitamente lhe pertencerem. E Mando que pela Secretaria d’Estado dos Negócios do Reino se passe Carta à Câmara Municipal d’aquelle Concelho em dois differentes exem­plares, um d’eles para seu Titulo e outro para se remetter ao Real Archivo da Torre do Tombo. O Ministro e Secretário d’Estado dos Negócios do Reino assim o tenha entendido e faça executar. Paço das Necessidades em vinte de Janeiro de mil oitocentos quarenta e oito.= Rainha = Bernardo Gorjão Henriques".

Carta Régia datada de 20 de janeiro de 1848

MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 7 DIAS

Pela avenida do Cabedelo, Darque

A avenida do Cabedelo, em Darque, Viana do Castelo, com 628 metros de comprimento é ladeada por duas fileiras com cerca de 140 plátanos de grande porte, cujas copas formam um túnel de verdura encantador. Encontra-se a ser requalificada (melhoria das condições gerais de conforto e de utilização dos peões, a valorização da imagem urbana local, a melhoria das condições de escoamento das águas pluviais, bem como a beneficiação, marcação/sinalização rodoviária da via) num investimento de 615 mil euros.

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Bom Caminho

São vários os caminhos que vão dar a Santiago de Compostela, na Espanha, sendo um deles, o Caminho Português da Costa. Viana do Castelo é um ponto de passagem obrigatório para milhares de peregrinos que, cada ano, escolhem rumar a Santiago de Compostela pelo litoral português.

Maior Romaria de Portugal já tem programa

A maior romaria portuguesa apresenta esta quarta-feira o programa oficial de 2024, com nove dias de festa dedicada à Senhora d’Agonia. A edição deste ano da Romaria da Senhora d’Agonia realiza-se de 14 a 22 de agosto, tendo como novidades do programa, a realização do tradicional Desfile da Mordomia, que em 2023 juntou mais de 900 mulheres pelas ruas de Viana do Castelo, no dia 15 de agosto, feriado. Este é um dos quadros mais procurados, na participação e no público para assistir. Pode consultar o programa oficial AQUI .

O serpentear dos passadiços da ecovia em Carreço

Percorrer a pé ou de bicicleta este troço da Ecovia Litoral Norte (constituído por piso em terra batida, pavimento betonado e passadiços de madeira) em Carreço, Viana do Castelo, permite-nos ter sempre uma agradável paisagem enquanto passeamos. De um lado temos a companhia do mar, do lado de terra estende-se a veiga de Carreço e o casario, acompanhados pela Serra de Santa Luzia. A brisa no rosto ou o cheiro fresco da maresia a acompanhar-nos, são sensações únicas que podemos disfrutar enquanto passeamos ao longo do litoral vianense. Uma nota negativa, infelizmente, o vandalismo já passou por aqui. Fotografias captadas ontem, véspera de Natal.