Avançar para o conteúdo principal

VIANA | TGV Vianense dá a conhecer a cidade


Viana do Castelo conta agora com um comboio turístico, que constituirá uma mais-valia para os turistas que nos visitam. É sempre agradável conhecer os principais pontos de interesse turístico e cultural da cidade, ainda mais quando se utiliza este meio para uma visita diferente.
É de aplaudir esta iniciativa, pois assim Viana do Castelo passa a dispor de mais um instrumento de apoio ao turismo.
Se está ou pensa vir a Viana do Castelo aproveite... e boa viagem!

HORÁRIOS: 
10H00 - 12H30 | 14H00 - 19H00 (Partidas de 30 em 30 minutos)
Local de embarque/desembarque: Em frente ao navio Gil Eannes

PREÇOS: 
Crianças até aos 3 anos - grátis
Crianças dos 4 aos 12 anos - 1€
Adultos - 2,50€
Grupos - 2,00€

Comentários

  1. O passeio é pouco apelativo. Não explora uma parte bonita da cidade:junto ao rio, ouro exemplo. O volume do micro está altíssimo. A informação prestada é escassa. Exemplo concreto:"Aqui está o jardim de Fernando com os seus patos, cisnes (cisnes?) e outros animais...", "Deste lado temos o BC9, do ipvc"... Eu sou de Viana. Fiz o percurso por piada. Quem não é, fica a saber a mesmíssima coisa. E não se apaixona pela beleza da cidade.

    ResponderEliminar
  2. Eu ainda não fiz o passeio mas quero fazer apesar de ser de Viana.Depois farei o meu comentário.No entanto as entidades competentes devem aproveitar as opiniões para melhorar.É sempre útil.

    ResponderEliminar
  3. Sou portuguesa mas não conheço Viana, achei que até ia ser um percurso bonito e que ia conhecer alguns "pontos turísticos".
    Mas desculpando o termo mas foi uma bela Merda.
    Foi o passeio todo com música sem dizer uma palavra não explicou nada!
    O percurso que se faz de comboio, faz se de carro. É exatamente o mesmo.
    Com muita pena minha não aconselho.
    Uma desilusão. É preferível pegarem no vosso carro ou fazer o percurso até mesmo a pé.

    Não aconselho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.

É o fim do Edifício Jardim (Prédio Coutinho)

Hoje, 01 JUL 2022, desaparece definitivamente do Centro Histórico da cidade de Viana do Castelo.

Ponte Eiffel, em Viana, faz 141 anos

Feita em ferro e desenhada no gabinete de Gustave Eiffel, a ponte que liga as duas margens do Lima, entre a cidade de Viana do Castelo e a vila de Darque, foi inaugurada a 30 de junho de 1878, tendo sido construída para substituir a antiga e precária ponte de madeira. A ponte Eiffel de Viana do Castelo foi a primeira ponte rodoferroviária (de dois tabuleiros sobrepostos) construída em Portugal, tem 645 metros de comprimento e dois tabuleiros metálicos, sendo o superior rodoviário, para trânsito automóvel e pedestre, e o inferior ferroviário. (clique na imagem para ver em modo de ecrã inteiro) A Ponte Eiffel de Viana do Castelo (1930/1940)

Viana do Castelo com e sem o Edifício Jardim (Prédio Coutinho)

Estas duas imagens não foram manipuladas, são mesmo reais. Já se percebe a mudança na paisagem. Saiu de cena o edifício de 13 andares.

O Desfile da Mordomia na Romaria d’Agonia

O Desfile da Mordomia é um dos momentos de maior destaque naquela que é considerada a Rainha das Romarias de Portugal. Depois de dois anos de ausência daquele número devido à pandemia, na Romaria d’Agonia 2022 é esperado um recorde de participações. Cerca de 800 mordomas (número máximo aceite pela organização) irão estar no desfile que vai decorrer no dia 18 de agosto. Em 2019 participaram no desfile 619 mordomas. O Desfile da Mordomia é considerado a maior montra de trajes e ouro ao ar livre do país. No deste ano, estima-se que o valor total do ouro que as 800 mordomas vão usar (2,5 quilogramas, em média, cada uma), calculado com base no preço atual, atinja os 94 milhões de euros.