Festival de Teatro de Viana leva 9 peças ao palco do Teatro Sá de Miranda


A primeira edição do Festival de Teatro de Viana do Castelo começa nesta sexta-feira (10 de novembro), às 21H30, com a peça «Rei Lear», no Teatro Municipal Sá de Miranda. Durante nove dias, esta sala de espetáculos da cidade recebe nove representações e nove grupos oriundos do Norte de Portugal.
Numa organização conjunta do Teatro do Noroeste - Centro Dramático de Viana e da Câmara Municipal de Viana do Castelo, o Festival terá a seguinte Programação Principal:

10 novembro | Sexta-feira | 21H30 | «Rei Lear» | Ensemble - Sociedade de Actores
11 novembro | Sábado | 21H30 | «O Grande Tratado de Encenação» | TEP
12 novembro | Domingo | 18H30 | «O Sonho de Pedro» | Teatro do Noroeste
13 novembro | Segunda-feira | 18H30 | «Como Um Carrossel» | Teatro de Marionetas do Porto
14 novembro | Terça-feira | 18H30 | «Guarda Mundos» | Teatro da Didascália
15 novembro | Quarta-feira | 21H30 | «Auto da Índia» | Krisálida
16 novembro | Quinta-feira | 21H30 | «13» | Peripécia Teatro
17 novembro | Sexta-feira | 21H30 | «As Criadas» | Companhia Teatro de Braga/Seiva Trupe
18 novembro | Sábado | 21H30 | «Subterrâneo» | Ao Cabo Teatro

A organização do festival vai disponibilizar aos interessados em assistir às peças que vão estar em cena, uma frota de autocarros que farão os seguintes trajetos: a Rota Concelhia (todas as freguesias do concelho de Viana do Castelo), a Rota Poente (Caminha, Vila Nova de Cerveira, Valença, Monção e Melgaço), a Rota Nascente (Ponte de Lima, Arcos de Valdevez, Ponte da Barca e Paredes de Coura) e ainda a Rota Atlântica (Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Porto).
Estes autocarros farão o percurso de ida e volta e serão gratuitos para todos os espectadores do Festival de Teatro de Viana do Castelo.

Saiba tudo sobre este Festival AQUI.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

41ª Feira do Livro de Viana já tem data e programa

Projeto de 1ME quer reabilitar Castelo quatrocentista de Viana do Castelo - TPN

Abandono e degradação do património