Avançar para o conteúdo principal

Exposição Coletiva de Pintura "Quatro Olhares sobre a Romaria”


O Palácio das Malheiras (Rua Gago Coutinho - Viana do Castelo) vai receber de 1 a 31 de agosto, uma exposição coletiva de pintura intitulada “Quatro Olhares sobre a Romaria”.
Nesta exposição vão estar patentes obras dos pintores Albino Castro, Gill Baldwin, Louise Ready e Rita Arantes. São quatro olhares diferentes sobre a Romaria da Senhora d’Agonia.
A exposição poderá ser visitada todos os dias, das 10H30 às 12H30 e das 15H00 às 19H00. A entrada é gratuita.

Conheça o perfil dos participantes: 

ALBINO CASTRO 
jose.albino.castro@gmail.com
Telemóvel - 963754110 
Natural de Viana do Castelo, mas cidadão do Mundo, Albino Castro, inspira-se na sua cidade, nas suas tradições e nos seus usos e costumes para desenvolver um trabalho artístico já facilmente identificável. Os motivos escolhidos, a paleta cromática e a técnica utilizada mostram um modo muito próprio de pintar. Participou em várias exposições coletivas e individuais, das quais destaca em Nantes, França e em La Chapelle-Saint-Mesmim, Orleans também em França. Em 2016 foi-lhe atribuído o 2º lugar, no Concurso Artistas do Alto Minho e Galiza, organizado pela Fundação Bienal de Cerveira. Consta do Livro “Temporalidades” – Poesia e Pintura do poeta António Carlos Santos, com uma pintura a ilustrar poemas do autor. 

GIIL BALDWIN 
gbaldwin10@hotmail.com
A Gill nasceu em Londres em 1948. Viveu e trabalhou em Educação na Grã-Bretanha e em Espanha. Vive em Viana do Castelo desde 2007 onde redescobriu a sua paixão pela pintura inspirada na beleza da região, na sua cultura e na sua gente. Nos últimos anos tem feito parte do grupo ”Ver & Fazer”, no atelier do pintor Rui Pinto, com quem participou em várias exposições. Gosta de pintar aguarelas e óleos. Agora pertence ao grupo GIRARTE. Tem sido influenciada, na sua pintura a óleo, pelos impressionistas. Nos seus quadros esforça-se por captar a luz, as cores e as tradições do Norte de Portugal. 

LOUISE READY 
Telemóvel - 914294241
Louise Ready nasceu em 1939. Começou a pintar quando veio morar em Viana do Castelo, há mais de oito anos. Pintou nos ateliês de Rui Pinto e Meira Rego. Não tem um estilo específico, mas gosta de pintar o movimento e a luz. Ela tem, no entanto, uma mente aberta e gosta de experimentar várias técnicas e temas. Participou em diversas exposições coletivas. 

RITA ARANTES 
arantes.rita@gmail.com
Nasceu na Meadela, Viana do Castelo, em 1957. Possui uma pós graduação em Arte Contemporânea, pela Escola Superior Artística do Porto. Frequentou o curso de desenho da Figura Humana na Escola Superior de Belas Artes do Porto. Concluíu uma pós graduação em Literatura Infantil, na vertente de Ilustração, da Universidade do Minho. É licenciada em Educação. Frequentou vários workshops de desenho, pintura e fotografia. Participou em inúmeras exposições individuais e coletivas de pintura e fotografia. Das últimas exposições constam: XIX Bienal de Arte de Cerveira 2017; exposição coletiva na Ordem dos Advogados, Viana do Castelo; Arte Maio, Viana do Castelo e Lethesart 2018, Ponte de Lima.

MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 7 DIAS

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Pedro Abrunhosa enche Centro Cultural de Viana do Castelo

Milhares de pessoas juntaram-se, este sábado, dia 17 de fevereiro, em Viana do Castelo, para assistir ao concerto do cantor português Pedro Abrunhosa, que encheu o CCVC e trouxe mensagens de amor e paz, apelando ao fim dos conflitos no mundo.

Espaço relvado da Marina ganhou mais árvores

A arborização urbana pode não ser tudo, mas é um elemento importante para a ação climática das cidades e para ajudar com o desconforto térmico nos dias mais quentes do ano.  A autarquia vianense, iniciou recentemente a plantação de cerca de 570 árvores em ambiente urbano, privilegiando espécies autóctones como os Carvalhos, Tílias, Choupos, entre outras de cariz mais ornamental.

Os Parques de Estacionamento Grátis, mais Baratos e mais Caros de Viana

Se reside em Viana do Castelo ou é um visitante ocasional mas tem dificuldades em encontrar lugares de estacionamento na rua (gratuitos ou a pagar), a solução passa por recorrer a parques. Comparámos os tarifários de alguns desses parques de estacionamento públicos ou privados (tanto à superfície como subterrâneos) perto do centro da cidade (entenda-se por centro, a Praça da República). Veja na tabela abaixo quais os mais baratos e os mais caros. NOTA:  O Parque do Gil Eannes e o Parque da Marina/Cais Viana são à superfície os restantes são subterrâneos. O Parque da Estação Viana Shopping é grátis de 2ª a 5ª feira a partir das 20:00 (DIAS ÚTEIS)

Andando pela cidade…

No segundo espaço verde mais antigo de Viana do Castelo, o Jardim D. Fernando, datado de 1888, está a ser alvo de intervenção uma das principais atrações deste jardim, a taça/cascata e gaiolão que alberga algumas aves.