Avançar para o conteúdo principal

Novas floreiras dão novo colorido a Rua da Ribeira de Viana

A Rua Frei Bartolomeu dos Mártires, na zona da Ribeira de Viana do Castelo, ganhou um colorido especial. Ontem foram colocadas dezenas de novas floreiras em toda a extensão da rua.
Quem por lá passa não deixa de apreciar as novas floreiras que embelezam e tornam mais atraente esta rua da zona piscatória da cidade.

(clique na imagem para ver em modo de ecrã inteiro)



Comentários

  1. Exemplo de mais um fait-divers que a cidade bem dispensava. Esta parola intervenção vai tornar o dia-a-dia de que aqui vive, como já não bastasse, mais difícil.

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde, as floreiras colocadas foi uma reivindicação de 2 anos feita por moradores, União de Freguesias( Sta Maria Maior, Monserrate e Meadela) e a Vereadora da CDU. Demorou dois anos e só depois de muita insistência, persistência é que foi concretizado.

    ResponderEliminar
  3. São flloreiras e obstáculos a mais !06 julho, 2018 08:14

    Na verdade as floreiras que se encontram junto à Cúria chegavam bem ! O resto é um exagero e uma ideia " aparolada" . As pessoas vão ter dificuldades em resolver a sua vida quatodiana , Fazer descargas , movimentar cargas , vão condicionar o transito. A cidade para circular já começa a ser um suplício , um inferno, para quem mora e reside no local . Estas ideias são de gente de gabinete com todos os privilégios e mordomias. Esquecem-se que os outros tem dificuldades , o importante é ter uma rua asseada , boa calçada, bom saneamento , e bons serviços . As floreiras vão obrigar a mais gastos e manutenção São obstáculos para circular numa cadeira de rodas , as pessoas de idade vão estar sujeitas a quedas etc. Somos uma terra de iluminados , com grandes ideias .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Evidente para todos menos para os autarcas.

      Eliminar
  4. Ver Minho Digital ( noticia) sobre horto.06 julho, 2018 13:57

    Esta quantidade avultada de flores , pensei sempre , que eram provenientes do horto para dar escoamento ás mesmas.
    Hoje no Minho Digital, tive conhecimento que o Horto , se encontra ao completo abandono , canteiros cheios de ervas daninhas , num estado comfrangedor. Fiquei surpreendido com esta noticia. É pena era um local aprazível e encantador.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Corte de árvore no Jardim Público

Talvez por se encontrar com problemas, e no sentido de garantir maior segurança aos utentes do Jardim Público Marginal da cidade de Viana do Castelo, está a ser cortada uma árvore de grande porte. Neste que é o espaço verde mais antigo da cidade, datado de 1881, existem mais de 150 árvores, na sua maioria tílias.

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.

Escadório de Santa Luzia

A Basílica de Santa Luzia, situada no alto do monte com o mesmo nome, é o monumento mais conhecido e visitado da cidade de Viana do Castelo. Para lá chegar tem três opções: a estrada, o funicular ou o escadório. Quem optar pelo funicular, fará um percurso de 650 metros, vencendo um desnível de 160 metros, numa viagem com duração de aproximadamente 7 minutos. Quem se sentir atraído a ir a pé pelo escadório, terá que subir 659 degraus. Subir esta escadaria não é assim tão difícil, basta ir com calma, parando quando o cansaço aparecer. Veja algumas fotografias do escadório de Santa Luzia.

Quem vai ao mar avia-se em terra

Tripulação do “Santa Luzia no Monte” no porto de pesca de Viana do Castelo, a preparar os covos para uma próxima saída para a faina.