Avançar para o conteúdo principal

ROMARIA D’AGONIA | Tapetes para a Senhora Passar

Hoje, 20 de agosto, último dia da Romaria, é o dia consagrado a Nossa Senhora d’Agonia, padroeira dos pescadores da Ribeira de Viana do Castelo.
Logo pela manhã aconteceu um dos momentos mais apreciados dos festejos, a visita aos Tapetes da Ribeira. São dezenas de toneladas de sal, de várias cores, utilizados para embelezar as ruas desta zona piscatória da cidade. A Ribeira ganha uma vida diferente e encanta os muitos milhares de vianenses e visitantes que têm a possibilidade de admirar estes tapetes.
À tarde, a partir das 14H30, celebra-se uma missa em honra da santa padroeira seguindo-se a admirável Procissão ao Mar e ao Rio, momento para os pescadores rogarem à Senhora d’Agonia que lhes conceda bom mar. Na volta, as Ruas da Ribeira enfeitadas com tapetes coloridos são percorridas pela procissão.











Comentários

  1. Muito Bom, mesmo Muito Bom! É um condão, um privilégio morar na Ribeira em Viana.

    ResponderEliminar
  2. Gostava de saber o que a câmara faz ao sal? Onde o reaproveita? Devolve-o ao mar? Ou é considerado lixo e vai criar problemas de infiltrações nos níveis freáticos. Gostava de ter resposta. O sal não é biodegradável como as flores ou os verdes.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Corte de árvore no Jardim Público

Talvez por se encontrar com problemas, e no sentido de garantir maior segurança aos utentes do Jardim Público Marginal da cidade de Viana do Castelo, está a ser cortada uma árvore de grande porte. Neste que é o espaço verde mais antigo da cidade, datado de 1881, existem mais de 150 árvores, na sua maioria tílias.

Quem vai ao mar avia-se em terra

Tripulação do “Santa Luzia no Monte” no porto de pesca de Viana do Castelo, a preparar os covos para uma próxima saída para a faina. 

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.

Estacionamento selvagem e a indiferença das autoridades em Viana

Esta situação (15 set 2022) acontece no espaço relvado que rodeia o tanque comunitário na zona da Ribeira de Viana do Castelo. Apesar deste espaço estar vedado com pilaretes de madeira (bastou derrubar 1 ou dois), é usado por cada vez mais pessoas, que impunemente cometem estes abusos com as suas viaturas. De salientar que a cerca de 50 metros deste local existe espaço para estacionamento gratuito para dezenas de viaturas.