VIANA | Valorizar o comércio tradicional através da memória

Está em discussão pública o projeto de regulamento municipal que define os critérios para classificação como “Lojas Memória” de estabelecimentos e entidades que apresentem interesse histórico, cultural ou social.
A Câmara Municipal já fez um estudo que abrangeu 488 lojas em todo o concelho. Destas, cerca de 50 enquadram-se no regulamento que está em discussão pública. Entre elas encontra-se a Ourivesaria Carvalho, estabelecimento com 210 anos, que lhe confere o título de mais antiga a laborar em Portugal.


Veja AQUI o D.R. com a publicação do Projeto de Regulamento "Lojas Memória".

Veja o artigo na integra, publicado no Jornal de Notícias de hoje, 25 de janeiro, que põe em destaque as Lojas Memória de Viana do Castelo.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Geoparque Litoral de Viana do Castelo já tem aplicação móvel e sítio na internet

Praça de Touros de Viana: Processo de demolição quase concluído

Para memória futura

Politécnico estuda com Câmara destino de convento abandonado em Viana do Castelo