Avançar para o conteúdo principal

São 239 anos de vida. Parabéns Bombeiros Municipais de Viana

A história já é longa, 239 anos já passaram desde do dia da fundação da Companhia da Bomba, a 22 de março de 1780. Com a designação original de Companhia da Bomba, a partir do ano de 1951 passou a designar-se pelo atual nome de Corpo de Bombeiros Municipais de Viana do Castelo, sendo presentemente o terceiro mais antigo de Portugal logo a seguir aos Sapadores de Lisboa e Porto.
Tudo começou com pouco pessoal e material muito rudimentar, mas hoje certamente com melhores meios, mais conhecimento e melhor preparação que, aliados à dedicação e profissionalismo de todos, contribuem para melhor servir a população de Viana do Castelo.
Parabéns por mais um aniversário e continuem com o trabalho tão importante que prestam à sociedade.

Algumas relíquias que fazem parte do espólio desta corporação, nomeadamente a bomba da fundação, datada de 1787.

Bomba Braçal, 1787

Bomba Picota, 1852

Bomba Perrier, 1856

Bomba Magirus, 1911
CURIOSIDADE 
A ”Caixa de Alarme“ que a foto documenta, encontra-se num recanto de uma fachada da Igreja de S. Domingos, em Viana do Castelo. A data nela inscrita é 1898. 
Estas Caixas de ferro serviam para dar os sinais de alarme no caso de incêndio. Encontravam-se colocadas no enfiamento da torre sineira das igrejas. 
No interior da "Caixa" encontra-se um puxador, ligado a um cabo, que depois de accionado fazia funcionar o badalo do sino. A cidade estava dividida em zonas e os respectivos sinais eram estabelecidos por meio de badaladas cujo número está indicado nas Caixas de ferro fundido, conforme a tabela: 
4 Badaladas - Carmo 
5 Badaladas - Santo António 
6 Badaladas - Misericórdia 
7 Badaladas - Monserrate 
8 Badaladas - S. Domingos 
9 Badaladas - Agonia 
3 Badaladas - Para parar 
O número de Badaladas que identificavam a zona onde o incêndio tinha lugar, eram repetidas nas diversas torres das igrejas existentes na cidade, de minuto a minuto pelo espaço de meia hora, se antes desse intervalo de tempo o incêndio não tivesse sido completamente dominado.

Caixa de Alarme colocada numa parede exterior da Igreja de S. Domingos

MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 7 DIAS

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Pedro Abrunhosa enche Centro Cultural de Viana do Castelo

Milhares de pessoas juntaram-se, este sábado, dia 17 de fevereiro, em Viana do Castelo, para assistir ao concerto do cantor português Pedro Abrunhosa, que encheu o CCVC e trouxe mensagens de amor e paz, apelando ao fim dos conflitos no mundo.

Espaço relvado da Marina ganhou mais árvores

A arborização urbana pode não ser tudo, mas é um elemento importante para a ação climática das cidades e para ajudar com o desconforto térmico nos dias mais quentes do ano.  A autarquia vianense, iniciou recentemente a plantação de cerca de 570 árvores em ambiente urbano, privilegiando espécies autóctones como os Carvalhos, Tílias, Choupos, entre outras de cariz mais ornamental.

Os Parques de Estacionamento Grátis, mais Baratos e mais Caros de Viana

Se reside em Viana do Castelo ou é um visitante ocasional mas tem dificuldades em encontrar lugares de estacionamento na rua (gratuitos ou a pagar), a solução passa por recorrer a parques. Comparámos os tarifários de alguns desses parques de estacionamento públicos ou privados (tanto à superfície como subterrâneos) perto do centro da cidade (entenda-se por centro, a Praça da República). Veja na tabela abaixo quais os mais baratos e os mais caros. NOTA:  O Parque do Gil Eannes e o Parque da Marina/Cais Viana são à superfície os restantes são subterrâneos. O Parque da Estação Viana Shopping é grátis de 2ª a 5ª feira a partir das 20:00 (DIAS ÚTEIS)

Andando pela cidade…

No segundo espaço verde mais antigo de Viana do Castelo, o Jardim D. Fernando, datado de 1888, está a ser alvo de intervenção uma das principais atrações deste jardim, a taça/cascata e gaiolão que alberga algumas aves.