Expectativa e calma após a hora limite para moradores desocuparem o Prédio Coutinho

Terminava hoje, às 09H00, o prazo para os últimos moradores do Edifício Jardim (mais conhecido por Prédio Coutinho), desocuparem voluntariamente os seus apartamentos. Falava-se no local que por parte dos moradores, havia a intenção de colocarem uma nova ação judicial para tentar travar o processo.
Hoje de manhã, junto ao edifício, era possível ver alguns moradores, câmaras de televisão e jornalistas, polícia muito discreta… e alguns curiosos.

(clique na imagem para ver em modo de ecrã inteiro)







Comentários

  1. Sou um morador. Não temos água para puxar o autoclismo. Aviso que podem chover dejectos a qualquer momento quer do 7.º D como do 3.º E. Recomenda-se aos munícipes reservar alguma distância do prédio como algum decoro nas filmagens das nossas partes baixas que, e dada a falta de higiene forçada, estão borradas. Obrigado e bem hajam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Senhor morador isso não resolve o seu assunto, pelo contrario agrava! se eu levar com a sua BOSTA apresento queixa com toda a certeza. Quanto as suas partes baixas consulte bem a lei , aconselho , começa a perder toda a sua razão ! E pessoas de bem não fazem publicações / ameaças ANÓNIMAS.

      Eliminar
    2. Amigo José, tem toda a razão. Pensamos melhor e decidimos fazer todos num saquinho que foi passando de fração em fração e eu próprio fui colocá-lo no contentor lá em baixo. Obrigado e bem haja.

      Eliminar
  2. Estamos indignados.26 junho, 2019 07:12

    Estamos iíndígnados .
    O dr Marcelo Rebelo Sousa abandonou os moradores para ir ao São João em Braga.

    ResponderEliminar
  3. So publicam os comentários que lhes interessa neste B , PORTANTO é TENDENCIOSO ...

    ResponderEliminar
  4. Pessoas livres não publicam no anonimato !!

    ResponderEliminar
  5. José sei que foste roubado , espoliado , vieste sem nada , mas Portugal te acolheu de braços abertos .
    Refizeste a tua vida .
    O estaleiro ofereceu-te emprego, recebeste uma boa indemnização.
    Não podes estar a vingar-te da revolução de Abril .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Machibombo a sua resposta não deve ser dirigida a mim. sim nasci em Moçambique, mas o restante não bate certo, de entre os assuntos nunca trabalhei nos estaleiros , etc...
      Se não foram dirigidas a mim , aceito com algumas reservas, porque me identifico com o nome verdadeiro José e nunca com nomes estranhos e anónimos .
      Abraço.

      Eliminar
    2. Com uma mão atrás e outra à frente.

      Eliminar
  6. No estaleiro ninguém falava no José , como é que conseguiu entrar ?
    Revoltado , passou a CDS .
    Comentava não sou retornado , sou refugiado.
    Era um trabalhador como outro qualquer.
    Para entrar no estaleiro, passou a ser vermelho.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Os terrenos da antiga SOMARTIS vão voltar a ganhar vida

Viana vai ter uma nova ponte sobre o rio Lima

Viana é o 24.° melhor município para Negócios, Visitar e Viver

Da antiga SOMARTIS nem a chaminé escapou à demolição