VIANA | Roubada ossada do fundador do convento de S. Domingos

Os restos mortais de Frei Bartolomeu dos Mártires que se encontravam no interior de um relicário de metal dourado, foram roubados na passada terça-feira à noite, da igreja de São Domingos, em Viana do Castelo.

Frei Bartolomeu dos Mártires nasceu a 3 de maio de 1514, na freguesia dos Mártires em Lisboa, tendo chegado a arcebispo de Braga em 1558.  
Ficou conhecido pelo estilo de vida simples, pela proximidade com as populações, bem como pelo importante papel que teve no Concílio de Trento em 1562-1563.  Em 1581 apresenta ao papa e ao rei de Portugal, D. Filipe I, o seu pedido de renúncia, tendo-se retirado para o Convento de Santa Cruz, em Viana do Castelo, que ajudou a construir. 
Conhecido como o Arcebispo Santo, viria a morrer no convento em 16 de Julho de 1590, tendo sido beatificado pelo papa João Paulo II em 2001. 
O seu túmulo que se encontra na Igreja de Santa Cruz, popularmente conhecida por Igreja de S. Domingos é, por isso, ainda hoje venerado.

Túmulo de Frei Bartolomeu dos Mártires | Igreja S. Domingos | Viana do Castelo

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Enorme máquina giratória vai “triturar” mais de 15 mil toneladas de materiais dos 13 andares do prédio Coutinho

Queixa contra desconstrução do prédio Coutinho arquivada pelo MP

Morreu a ''PALMIRINHA''

Laboratório do mar com minissubmarino e aquário abriu em Viana do Castelo