Avançar para o conteúdo principal

Pormenores...

Este é o mau aspeto das mesas da esplanada de um estabelecimento que serve refeições, situado no centro da cidade de Viana do Castelo. Não me parece que seja assim que se atrai clientes. Isto só os afasta em vez de chamar a atenção positivamente.
Esta postagem só a faço porque ao passar há uns dias neste estabelecimento, chamou-me a atenção o que um elemento dum grupo de turistas nacionais que estavam parados junto à esplanada comentou: “não vamos aí, já viste o aspeto das mesas?
Também é preciso investir no aspeto visual, causar uma boa impressão pode fazer a diferença para conquistar um novo cliente.




Comentários

  1. Piroso-pobre style... (Quando queremos parecer o que não somos, dá nisto.)

    ResponderEliminar
  2. Essas mesas ja estavam uma vergonha foram compradas a um concorrente vizinho . Enquanto um melhorava o servico . Outro queria ganhar dinheiro facil com as sobras do outro . Uma completa vergonha . Nota negativa . Como e possivel um individuo novo exercer esta actividade com esta formacao.

    ResponderEliminar
  3. Para tudo e preciso ter um curso ser doutor isto e licenciado. Mas para exercer a atividade de restauracao qualquer um pode ser ate um analfaveto. Ha coisas ellementares que fazem parte de nos . A casa devia ser fechada para o caso ser exemplar.

    ResponderEliminar
  4. Convém saber do que se fala Sou Sócio Gerente deste espaço onde foi tirada a foto, e este espaço é referência incontornável em Viana, apesar de isso chatear muita gente, estamos no Lonely Planet como spot de referência para refeições descontraídas e frescas, somos referência de imprensa e televisão sempre que fazem reportagem sobre o que Viana tem para visitar e ver.
    Somos empreendedores abrimos este espaço no pico da crise primeiro ano de Governo de Passos Coelho, todos sem excepção nos desaconcelhavam e vaticinavam a nossa desgraça em poucos meses, mas somos de trabalho investimos capitais próprios, criamos emprego na altura em que toda a gente despedia e fechava.
    Tivemos que fazer uma gestão apertada e reinventar oferta e passados 8 anos damos emprego a mais pessoas abrimos outro espaço de restauração voltamos a investir....
    Devem estar todos admirados principalmente algumas pessoas que nunca vi no meu espaço só ouviram ou passaram na rua a espreitar, ou são comentadores de bancada faceboquianos.
    Pessoas que acham que a restauração em Viana é um negócio multimilionário que temos possibilidade de comprar esplanadas novas todos os anos.
    Para os meus clientes gostava de ter esplanadas novas todos os dias pois eles merecem aqueles que nos ajudaram a ultrapassar o vaticinio inicial esses merecem tudo mas não os vejo aqui!!!!! Nem vejo os que nos procuram como w/C público no jardim e não são clientes são utentes do nosso w/C.
    Contudo aceitamos as críticas elas fazem evoluir e é isso que pretendemos, evoluir e prestar melhor serviço.
    Estas mesas da foto são propriedade da Cristina nossa parceira e fornecedora de café, já havia sido solicitado a substituição das mesas, mas estas mesas têm também o espelho do uso e do trabalho que já efectuaram estão limpas e em condições de segurança apesar de usadas.
    Agradecemos a preocupação pelas mesas mas é pena ocultar ou ignorar que talvez tenhamos sido a primeira esplanada em Viana feita artesanalmente e com flores há 8 anos que todos os anos investimos em flores e aromáticas para tornar agradável a rua e a nossa esplanada, mas só os nossos clientes sabem disso...
    Portanto esclarecimento às mesas e a esplanada é propriedade da CRISTINA ( NESTLÉ) já solicitamos há meses a substituição mas como eles também têm orçamento limitado ainda não as trocaram está prometido para breve talvez até uma esplanada de outro parceiro.
    Mas para mim adoro estas mesas elas representam o nosso trabalho e o nosso esforço para vingar este negócio com capitais próprios sem dever nada a ninguém e sem doidices megalómanas que abrem e fecham deixando rasto de dívidas....
    Aos que falam em empreendedorismo gostava de informar que a empresa que tem e criou este negócio e outro na praça da Liberdade também tem alvará e constroi obras tal é a falta de empreenderorismo.
    Como gestor ensinaram que só devemos gastar o que temos, e numa lógica de investimento.
    Os negócios não são jardins públicos para agradar quem passa, os negócios tentam agradar aos seus clientes e angariar mais numa lógica de sinergia colectiva para atrair mais clientes para a cidade.
    Apesar de tudo não aceitamos essa crítica, de que não fazemos pelo comércio tradicional e pela cidade, é que não fechamos ao sábado a tarde e domingo.
    Resumindo obrigado pelas críticas, claro que valorizamos mais a dos nossos clientes, os que só houviram falar de nós entrem e desfrutem do espaço e da comida fresca que temos teremos muito gosto de vos receber e ouvir as vossas criticas....

    ResponderEliminar
  5. A empresa Cristina não tem nada a ver com o assunto . Sejamos humildes e reconhecer que se meteu o pé na argola. O resto são tudo tretas .

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Viana do Castelo volta a dedicar Feira de Artesanato aos artesãos do concelho

Várias dezenas de artesãos de Viana do Castelo são esperados na Feira de Artesanato da Romaria da Senhora d’Agonia, que assinala 105 anos da sua primeira edição e que vai realizar-se no Jardim Público da cidade, de 06 a 21 de agosto de 2022. As inscrições arrancam hoje através do site oficial www.festasdagonia.com. De acordo com o regulamento da feira, disponível no site oficial em www.festasdagonia.com, esta volta a realizar-se no Jardim Público, promovida pela VianaFestas e pela Comissão de Festas da Romaria da Senhora d’Agonia. As inscrições dos artesãos, de caráter obrigatório, decorrem de 09 de junho até 03 de julho.    Em 2022, a feira vai decorrer de 06 a 16 de agosto das 16:00 às 23:00, passando de 17 a 21 de agosto a ter lugar das 10:00 às 24:00. A Feira-Exposição de Artesanato das Festas de Nossa Senhora d’Agonia remonta a 1917, quando se realizou a primeira exposição de lavores regionais, chegando aos dias de hoje como um evento âncora da cidade, com dezenas de artesãos. A s

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.

O Desfile da Mordomia na Romaria d’Agonia

O Desfile da Mordomia é um dos momentos de maior destaque naquela que é considerada a Rainha das Romarias de Portugal. Depois de dois anos de ausência daquele número devido à pandemia, na Romaria d’Agonia 2022 é esperado um recorde de participações. Cerca de 800 mordomas (número máximo aceite pela organização) irão estar no desfile que vai decorrer no dia 18 de agosto. Em 2019 participaram no desfile 619 mordomas. O Desfile da Mordomia é considerado a maior montra de trajes e ouro ao ar livre do país. No deste ano, estima-se que o valor total do ouro que as 800 mordomas vão usar (2,5 quilogramas, em média, cada uma), calculado com base no preço atual, atinja os 94 milhões de euros.

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Viana do Castelo em dia de feira semanal

Esta velha e tradicional atividade realiza-se semanalmente, às sextas-feiras, no Campo d’Agonia/Campo do Castelo. Neste grande espaço de venda ao ar livre, encontra-se uma diversidade de produtos, nomeadamente louças, tecidos, roupas, calçado, atoalhados, móveis, vasilhame, ferramentas, cobres entre muitos outros. Horário de funcionamento | Verão das 07h00-20h00 / Inverno das 07h00-18h00. Feira Semanal em Viana do Castelo (2019.10.25) Feira Semanal em Viana do Castelo (2019.10.25) Feira Semanal em Viana do Castelo (2019.10.25) Feira Semanal em Viana do Castelo (2019.10.25) Feira Semanal em Viana do Castelo (2019.10.25) Feira Semanal em Viana do Castelo (2019.10.25) Feira Semanal em Viana do Castelo (2019.10.25) Feira Semanal em Viana do Castelo (2019.10.25)