CASTELO VELHO | Património esquecido no tempo

Construído outrora para defesa do nosso território, faz parte da história de Viana do Castelo mas continua abandonado e esquecido.
Porque denunciar o que está mal é importante, decidi um vez mais dar a conhecer o atual estado do Forte da Vinha, classificado como Imóvel de Interesse Público. Um alerta para que as instituições competentes tomem medidas no sentido de recuperarem este espaço de modo a ser reaproveitado, para que todos os cidadãos usufruam do seu património histórico.

SOBRE O FORTE DA VINHA 
O Forte da Vinha, também referido como Fortim da Areosa ou Castelo Velho, localiza-se no lugar de Rego de Fontes, ao sul da enseada de Vinha. Com o fim da Guerra da Restauração (1640-1668), foi um dos quatro fortes edificados no litoral entre Caminha e Viana do Castelo com o objetivo de coibir as incursões de piratas argelinos e salentinos, então frequentes na costa portuguesa. A nível arquitetónico define-se como uma fortificação marítima abaluartada, de pequenas dimensões e alçados simples. Apresenta planta estrelada no estilo maneirista, sendo constituída por quatro baluartes desiguais em cantaria de granito. Encontra-se classificado como Imóvel de Interesse Público.





Comentários

Mensagens populares deste blogue

Enorme máquina giratória vai “triturar” mais de 15 mil toneladas de materiais dos 13 andares do prédio Coutinho

Queixa contra desconstrução do prédio Coutinho arquivada pelo MP

Morreu a ''PALMIRINHA''

Laboratório do mar com minissubmarino e aquário abriu em Viana do Castelo