Avançar para o conteúdo principal

VIANA | Alguns momentos da Festa

Entre 16 e 20 de agosto todos os caminhos vieram dar a Viana do Castelo, onde teve lugar a tradicional Romaria em honra de Nossa Senhora d’Agonia. Momentos especiais são eternizados graças à fotografia. Aqui ficam alguns momentos da Festa.















Comentários

  1. Mais um ano e apenas meia duzia de casas de banho/balneários públicas espalhadas por toda a cidade, quem passeava pelas ruas da ribeira na madrugada e manhã depois da noite dos tapetes encantava-se com o aroma por ali sentido, no arraial d'agonia 6 W.C. contentores para homens e mulheres todos em conjunto e o muro da muralha a servir como urinol também, todos os anos a mesma história, estabelecimentos comerciais que ficam com as casas de banho avariadas sem poderem satisfazer os próprios clientes pois toda a gente as usa como w.c. públicos, a Câmara diz nos meios de comunicação que esperam 1.2 milhões de pessoas, tem noção mas não preparação, a Viana festas diz que não é nada com eles, afinal qual é o porquê dos mesmos erros todos os anos??em breve será o Viana Bate Forte, as casas de banho públicas serão: qualquer esquina mais próxima...

    ResponderEliminar
  2. O urinóis não davam vazão ,tudo foi parar ao Rio Lethes.24 agosto, 2019 10:21

    A cidade tem urinóis . Estão é fechados . O caso do Coreto no jardim . Outro por detrás da Igreja de S. Domingos , na rua que foi de Tenente Valadim , que depois mudaram o nome para um Cónego .... que nada faz pela cidade. Estão fechados por requerem pessoal e manutenção . Para isto não há dinheiro . Foram criados no tempo do Estado Novo . Um cuidado especial para as populações em diversos pontos da cidade.
    Essa história ( Conta Histórias ) de um milhão de pessoas é uma história mal contada. Começou com Sam Paio . Mas teimam sempre , uma mentira muitas vezes dita passa a ser verdade . Daqui a 100 anos os historiadores ao investigar ficarão abismados como a cidade conseguiu albergar tanta gente.

    ResponderEliminar
  3. O Estado Novo dava mais atenção aos visitantes.27 agosto, 2019 14:47

    Por lapso não foi mencionado outro urinol perto da Cruz Vermelha. Urinóis não faltam. O que falta aos iluminados é ideias.
    Os forasteiros que nos visitam tem de ser bem acolhidos . Algumas ruas da cidade nos dias de festa, carregam um cheiro pestilento e nauseabundo .

    ResponderEliminar
  4. E que raio vão fazer ao sal corado com anilinas altamente poluentes? Vão leva-lo para a lixeira? Ou limitam-se a chamar os bombeiros que de agulheta na mão o empurram para os escoamentos das águas pluviais para o Lethes mais uma vez?

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Viana de Outros Tempos

Assim era a Praça da República nos anos 60 do século XX. Espólio de Severino Costa | Arquivo Municipal de Viana do Castelo

Seis pirogas encontradas no rio Lima em Viana do Castelo classificadas "tesouro nacional"

  O Governo aprovou hoje, em Conselho de Ministros, o decreto que classifica, como conjunto de interesse nacional diversos bens móveis arqueológicos náuticos e subaquáticos, sendo-lhes atribuída a designação de "tesouro nacional": as seis pirogas monóxilas provenientes de recolha arqueológica subaquática realizada no rio Lima, em Viana do Castelo; os três astrolábios provenientes de recolha arqueológica subaquática realizada em São Julião da Barra, e os dez canhões provenientes de recolha arqueológica subaquática, realizada na Ponta do Altar. As pirogas monóxilas são embarcações construídas a partir de um único tronco de árvore, neste caso de carvalho. Este conjunto apresenta um interesse arqueológico e patrimonial muito relevante enquanto testemunho notável da navegação em Portugal, e da travessia do Rio Lima em particular, desde a Idade do Ferro até à Baixa Idade Média. A dimensão do conjunto e de cada exemplar (uma delas com quase 7m de comprimento), o seu estado de conser

Bom dia, Viana do Castelo!

Começar bem a manhã, pela zona ribeirinha.

Projeto alemão de energia eólica offshore previsto para Viana “chumbado” pelo governo

A BayWa, gigante alemã das energias renováveis, tinha apresentado ao governo português um projeto de cerca de 2,5 mil milhões de euros de investimento, na instalação de um parque eólico flutuante com 30 turbinas, com uma capacidade instalada de até 600 megawatts (MW), ao largo de Viana do Castelo (na Zona Piloto onde já se encontram instaladas as três turbinas que constituem o parque eólico offshore WindFloat Atlantic). O Governo diz que o projeto só é viável noutra área marítima dedicada às renováveis, ainda por definir.

AP DONA ANINHAS: será assim o novo hotel de Viana do Castelo

Vai designar-se AP Dona Aninhas o hotel de quatro estrelas que está prestes a nascer no edifício do antigo hotel Viana Sol, no Largo Vasco da Gama, no centro histórico de Viana do Castelo. Com 64 quartos e suites, esta é a primeira unidade na região Norte de Portugal do grupo AP Hotels & Resorts, de António Parente, natural de Viana do Castelo. Fotos: retiradas do site https://donaaninhas.com