Avançar para o conteúdo principal

VIANA | Estação de radiocomunicações provoca indignação

A colocação há cerca de dois meses, de uma estação de radiocomunicações e respectivos acessórios, designadamente uma antena com vários metros de altura, junto ao parque de estacionamento Gil Eannes, em Viana do Castelo, contou logo com a indignação de muitas pessoas, que realçam o impacto visual negativo que tal equipamento causa na paisagem.
Estranhou-se a instalação desta infraestrutura junto a um espaço que foi recentemente requalificado, muito perto do Navio Museu Gil Eannes e da estátua do navegador vianense João Álvares Fagundes.
Segundo me informaram trata-se de uma instalação provisória (substitui as antenas instaladas no cimo do Prédio Coutinho, que foram desligadas), até se encontrar um local onde o impacto visual seja menor.
Espera-se que a situação seja resolvida o mais rapidamente possível e que esta instalação provisória não se torne definitiva.


Comentários

  1. Consequências do atamancamento processual e, passo a passo, a cidade com pior aspeto...
    Parque da cidade cheio de tapumes e com promessas de prédios (a armar ao chique e feios que doem, por sinal), um mercado bem localizado e dimensionado demolido (umas obras simples de modernização e ficava excelente), praia norte por acabar e de dimensões patéticas, parafrenálias várias como esta e, (last but not least) o Prédio no sítio. :)

    ResponderEliminar
  2. Tambem não gosto da situação, mas fico espantado por os vianenses se indignarem contra um objecto que impede a visão do espaço aereo e que não estorva o deslocamento de ninguém e fiquem impávidos e serenos perante o estacionamento abusivo que, alem do impacto visual, impede o normal deslocamento das pessoas. Caso gritante, o da rua da Picota com a Manuel Espregueira, em pleno coração da cidade, onde é proibido circular e que está sempre ocupada com carros nos passeios. Ainda há pouco tempo, a câmara reparou os acessos a essas 2 ruas e não tive noticias que fossem os automobilistas a pagar a fatura. Mas nesses lugares os vianenses devem andar distraidos

    ResponderEliminar
  3. Já que puseram um mono implantado na praia Norte, ninguém se preocupou com o impacto visual , dois não ficariam pior.

    ResponderEliminar
  4. o maior problema é que anda a MEO a enganar tudo e todos com a conversa de que ATE REFORÇARAM O SINAL DAS ANTENAS EM VIANA DO CASTELO PELAS SENHORA DA AGONIA, quando se sabe que afinal a maior parte dos clientes MEO de telemovel está mais de metade do dia sem poder comunicar porque não tem sinal. Pouca VERGONHA destes gatunos a cobro da legalidade

    ResponderEliminar
  5. Podiam implantar a torre no Parque da Cidade.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Viana do Castelo volta a dedicar Feira de Artesanato aos artesãos do concelho

Várias dezenas de artesãos de Viana do Castelo são esperados na Feira de Artesanato da Romaria da Senhora d’Agonia, que assinala 105 anos da sua primeira edição e que vai realizar-se no Jardim Público da cidade, de 06 a 21 de agosto de 2022. As inscrições arrancam hoje através do site oficial www.festasdagonia.com. De acordo com o regulamento da feira, disponível no site oficial em www.festasdagonia.com, esta volta a realizar-se no Jardim Público, promovida pela VianaFestas e pela Comissão de Festas da Romaria da Senhora d’Agonia. As inscrições dos artesãos, de caráter obrigatório, decorrem de 09 de junho até 03 de julho.    Em 2022, a feira vai decorrer de 06 a 16 de agosto das 16:00 às 23:00, passando de 17 a 21 de agosto a ter lugar das 10:00 às 24:00. A Feira-Exposição de Artesanato das Festas de Nossa Senhora d’Agonia remonta a 1917, quando se realizou a primeira exposição de lavores regionais, chegando aos dias de hoje como um evento âncora da cidade, com dezenas de artesãos. A s

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.

O Desfile da Mordomia na Romaria d’Agonia

O Desfile da Mordomia é um dos momentos de maior destaque naquela que é considerada a Rainha das Romarias de Portugal. Depois de dois anos de ausência daquele número devido à pandemia, na Romaria d’Agonia 2022 é esperado um recorde de participações. Cerca de 800 mordomas (número máximo aceite pela organização) irão estar no desfile que vai decorrer no dia 18 de agosto. Em 2019 participaram no desfile 619 mordomas. O Desfile da Mordomia é considerado a maior montra de trajes e ouro ao ar livre do país. No deste ano, estima-se que o valor total do ouro que as 800 mordomas vão usar (2,5 quilogramas, em média, cada uma), calculado com base no preço atual, atinja os 94 milhões de euros.

A estação vai ter um hotel

O presidente da Câmara de Viana do Castelo disse hoje que a estação de comboios da cidade, construída no século XIX, vai ser transformada em hotel por um investidor local e que o projeto está em fase de licenciamento. Em declarações aos jornalistas, no final da reunião camarária de hoje, durante a qual foi questionado sobre o projeto, pela bancada do PSD e da CDU, Luís Nobre adiantou que “a Infraestruturas de Portugal (IP), proprietária do imóvel, entendeu dar uso a um espaço que está devoluto há mais de uma década”. O autarca socialista garantiu que as funções e serviços, atualmente, a funcionar na estação de caminhos-de-ferro “não vão desaparecer, mas serão transferidos para outro local”. “A bilheteira, o bar e outros serviços, vão manter-se. Não podia ser de outra forma. Ninguém ia fazer um investimento de 90 milhões de euros na modernização da Linha do Minho para depois prejudicar esse investimento”, sustentou. Segundo Luís Nobre, o empresário, que já tem uma unidade hoteleira na c

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.