Avançar para o conteúdo principal

Viana vai demolir praça de touros


A Câmara de Viana do Castelo aprovou hoje por unanimidade, a demolição praticamente integral da antiga praça de touros da cidade, por considerar ser a "opção técnica e economicamente viável" para a reconversão do imóvel em equipamento desportivo onde poderão ser praticadas várias modalidades, nomeadamente ginástica, esgrima, patinagem artística, hóquei em patins, voleibol e basquetebol. O início das obras está previsto para janeiro de 2020.
A Praça de Touros de Viana do Castelo foi construída em 1948 e teve uma intensa atividade inicial mas, nos últimos anos, ficou reduzida a apenas um espetáculo anual, por altura da Romaria da Senhora d'Agonia, o que aconteceu pela última vez em agosto de 2008. Desativada desde 2009, foi comprada no mesmo ano pela Câmara Municipal pelo valor simbólico de 5127 euros.

Comentários

  1. Vai haver concurso público para o projeto ou já foi dado imoralmente de presente a um arquiteto amigo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que acha? Na santa terrinha é sempre o mesmo! Devia ter vergonha!

      Eliminar
    2. Já diz o ditado-"Quem não tem vergonha acha que todo o mundo é seu."

      Eliminar
  2. Vão demolir parte da historia . A Tauromaquia esteve presente na cidade .
    !Restam apenas as memórias no Taurino Clube.

    ResponderEliminar
  3. A tauromaquia já era!....Não deixa saudades, os nossos jovens merecem um local saudável para a prática de desportos, um local que deixe no futuro, boas recordações, feitos desportivos e não um antro de tortura, além disso, sempre considerei o touro um animal nobre, belo e imponente, deixem esses animais em paz pastando livremente nos campos em liberdade, se os aficionados dizem que se não fosse a prática tauromáquica , a extinção dos touros seria uma realidade, então, por essa ordem de ideias, outrora, se não fossem os fazendeiros (Senhores) , os escravos teriam acabado(Antes, assim fosse).

    ResponderEliminar
  4. Espero que não removam os (parcos) equipamentos desportivos localizados no meio circundante.

    ResponderEliminar
  5. " negociatas" do nacional socialismo da camara
    Vergonhoso a ditadura que nega a possibilidade de manter a tauromaquia que tanta raizes tem na vida de Viana do Castelo
    Lamento a cobardia do cidadãos de Viana do Castelo admitirem o nacional socialismo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viana é cobardia...

      Eliminar
    2. Viana não é cobardia!... Viana tomou a medida mais sensata!...Quem gosta de ver sangue a jorrar pelo lombo dum animal sempre pode dirigir-se a um qualquer matadouro, aí, terá sangue e gemidos de dor quantos quiser!...Tourada não é cultura, é tortura!

      Eliminar
    3. Caro José, ouça o que eu lhe digo. Viana é cobardia. Aprecie os comportamentos em seu redor no dia-a-dia...

      Eliminar
  6. Meia dúzia quer impor o que lhe vai na alma.24 setembro, 2019 18:00

    O povo tem medo .

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 30 dias

Viana do Castelo com e sem o Edifício Jardim (Prédio Coutinho)

Estas duas imagens não foram manipuladas, são mesmo reais. Já se percebe a mudança na paisagem. Saiu de cena o edifício de 13 andares.

Viana do Castelo volta a viajar no tempo até à época medieval

A Feira Medieval de Viana do Castelo vai voltar às ruas do centro histórico da cidade de 17 a 19 de junho, após a interrupção de dois anos devido à pandemia. A Feira vai contar com um diversificado programa de animação e com a presença de artesãos e restauração. DO PROGRAMA DE ANIMAÇÃO CONSTA NOMEADAMENTE: ANIMAÇÃO ITINERANTE | CORO MEDIEVAL | ESPETÁCULO DE ABERTURA | ESPETÁCULO DE FOGO | CORTEJO DO SÉQUITO REAL | DANÇAS MEDIEVAIS | MÚSICA MEDIEVAL | MARIONETAS | JOGO DO PAU | DEMONSTRAÇÃO  DE VOO LIVRE | BANDA DE GAITEIROS | OUTORGA DO FORAL | OS GUARDAS REAIS | OFICINA DE TIARAS DE FLORES    | JOGOS MEDIEVAIS Consulte a programação completa do evento, com o local e horário de cada animação, clicando AQUI : 

Canhão do século XVIII roubado do interior da Fortaleza de Valença

Um canhão do reinado de D. João V, do século XVIII, pertencente ao Arsenal Real do Exército, foi roubado na madrugada de hoje do baluarte do Socorro, junto à pousada de S. Teotónio, no interior da fortaleza de Valença. Em comunicado enviado às redações, a autarquia da segunda cidade do distrito de Viana do Castelo, adiantou “tratar-se de um magnífico exemplar de armamento bélico, que estava exposto no Baluarte do Socorro, no interior da Fortaleza de Valença”. “Ao que tudo indica, o canhão foi arremessado muralha abaixo, para um patamar intermédio, e novamente atirado para o fosso da fortaleza, onde terá sido recolhido e transportado. Este é um roubo que abrange o património móvel nacional existente na fortaleza de Valença”, refere a nota. A Câmara de Valença “participou a ocorrência à GNR sendo que foi acionada, de imediato, a Polícia Judiciária (PJ) que já esteve no local a recolher provas”. O presidente da Câmara Municipal de Valença, José Manuel Carpinteira manifestou-se “profundame

Santa Luzia à vista

Hoje, sábado, 28 de maio de 2022, com duas máquinas a trabalhar em simultâneo, quase fizeram desaparecer da paisagem vianense o edifício Jardim (Prédio Coutinho). Nesta fotografia de hoje, já é visível o Santuário do Sagrado Coração de Jesus (também conhecido como Templo de Santa Luzia).

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.