O visitante 1 milhão entrou ontem no Gil Eannes


Ao fim de quase vinte e dois anos, o navio Gil Eannes, fundeado na antiga doca comercial de Viana do Castelo com funções de museu, atingiu ontem o número mágico de 1 Milhão de Visitas. Um casal de emigrantes na Suíça de passagem por Viana do Castelo, que teve direito a presentes e a uma receção especial.
Alguns números sobre este navio museu: Entre 2013 e 2018, o museu flutuante recebeu 342.944 visitantes. Em 2013 foram registados 41.398 visitantes e, em 2018, foram assinalados 90.835 visitantes.

Um pouco de história: 
O Navio Hospital Gil Eannes, construído nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, iniciou a sua atividade como hospital em 1955, apoiando durante décadas, a frota bacalhoeira portuguesa que atuava nos bancos da Terra Nova e Gronelândia. Desativada a frota bacalhoeira, ficou apodrecer nas docas de Lisboa, durante muitos anos. Em 1998, a Fundação Gil Eannes, considerando-o património cultural e afetivo da cidade, resgatou-o da sucata por cerca de 250 mil euros, após uma inédita campanha que envolveu todos os estratos sociais vianenses. Em 31 de Janeiro de 1998, foi recebido festivamente na Foz do Lima, onde, depois de limpo e restaurado, foi aberto ao público, assumindo-se como pólo de atratividade para Viana do Castelo. A reconversão transformou-o num espaço museológico, integrando salas de exposição, sala de reuniões, loja de recordações, quiosques multimédia, um simulador de navegação…

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Enorme máquina giratória vai “triturar” mais de 15 mil toneladas de materiais dos 13 andares do prédio Coutinho

Queixa contra desconstrução do prédio Coutinho arquivada pelo MP

Morreu a ''PALMIRINHA''

Laboratório do mar com minissubmarino e aquário abriu em Viana do Castelo