Pedras com história

Foi sobre estas rochas que na idade do ferro, os nossos antepassados talharam pias salineiras, usadas para extrair sal da água do mar. Estas pequenas “gamelas” de formatos irregulares, têm um rebordo criado para reter a água do mar que, exposta ao sol e após a evaporação dava lugar ao sal.

PIAS SALINEIRAS DE FORNELOS 
As pias salineiras de Fornelos, datadas da Idade do Ferro, encontram-se localizadas acima da linha de preia-mar, evitando que esta as inundasse quando atingisse a cota máxima. Daqui se depreende que funcionariam através de um sistema de inundação indireta, segundo o qual os exploradores de sal inundariam as pias com água que transportavam desde o mar. A proximidade em relação a diversos povoados castrejos, como Castro de Montedor ou o Castro da Corôa, ambos na freguesia de Carreço, sem esquecer os numerosos habitats da Idade do Ferro existentes na vizinha freguesia de Afife, permitem-nos deduzir a relação entre estas salinas e as comunidades que as exploravam. 

Nas fotografias, as pias salineiras de Fornelos, em Carreço, Viana do Castelo.




Comentários

Mensagens populares deste blogue

Depois de vários adiamentos, 5 de junho é a nova data para a abertura do PEUVC

Mulheres "orgulhosas" com quilos de ouro ao peito

Aconteceu neste dia...

Está em curso a reabilitação da Rua da Bandeira e da Rua Nova de São Bento