Avançar para o conteúdo principal

Ponte Móvel de Viana novamente avariada


A ponte móvel pedonal que faz a ligação entre o complexo da marina e as docas de recreio de Viana do Castelo, encontra-se (mais uma vez) inoperacional há vários meses, inviabilizando a passagem de peões e bicicletas.
Esta ponte móvel, inaugurada em 2007, foi concebida para garantir a continuidade do trajeto da ciclovia ribeirinha da cidade e a passagem de peões. Representou um investimento da VianaPolis de 1,2 milhões de euros. Em 2013 foi cedida à APVC, atual APDL — Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo, S. A., entidade responsável pela gestão portuária e das marinas da cidade.

Comentários

  1. Esse objeto nunca deveria ter existido. Não passa de uma vaidosice que a curto prazo terá de ser desmontado.

    ResponderEliminar
  2. Vai acontecer como o submarino, o arranjo era superior ao custo inicial .
    Depois só resta a sucata ,como aconteceu ao navio Gil Eanes .

    ResponderEliminar
  3. Como era bonito o meu elevador e agora resta a sucata.27 outubro, 2020 08:40

    Sugiro que se faça um Museu da Sucata . Os primeiros elevadores fizeram milhares de percursos abaixo e acima . Foram o registo de viagens ao cimo do Monte onde se realizaram muitos piqueniques e magusto de estudantes , passeios de muitas famílias Vianenses. Encontram -se em abandono total e a apodrecer no meios das árvores.

    ResponderEliminar
  4. António SA / MARRA27 outubro, 2020 09:57

    Não sei ,onde foram desencantar o recheio do barco do Gil Eanes , quando chegou a Viana só trazia um monte de lata (Carcaça ) ferrugento sem mais nada. O resto tinha desaparecido há longos anos .
    Num Museu em Ílhavo , dedicado à pesca e armadores da Pesca do Bacalhau julgo que até tem peças do referido barco ( recheio ). Um Museu importante onde faz referências a um momento da nossa história em especial Viana . Faço questão em dizer ,que se alguém passar por essas bandas não perca a oportunidade de o visitar ,não vai arrepender-se de tal visita . O referido recheio (parte ) no momento em que o barco foi para a sucata muitas coisas foram vendidas, e alguém entendeu que era espólio a preservar .Ainda bem !
    Em Viana ainda nem se falava em tal coisa . O que é engraçado é que logo arranjaram o recheio da noite para o dia !

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Projeto alemão de energia eólica offshore previsto para Viana “chumbado” pelo governo

A BayWa, gigante alemã das energias renováveis, tinha apresentado ao governo português um projeto de cerca de 2,5 mil milhões de euros de investimento, na instalação de um parque eólico flutuante com 30 turbinas, com uma capacidade instalada de até 600 megawatts (MW), ao largo de Viana do Castelo (na Zona Piloto onde já se encontram instaladas as três turbinas que constituem o parque eólico offshore WindFloat Atlantic). O Governo diz que o projeto só é viável noutra área marítima dedicada às renováveis, ainda por definir.

Meia Maratona Manuela Machado | Os vencedores

Correu-se hoje, 22 de Janeiro, a 24ª edição da Meia Maratona Manuela Machado, em Viana do Castelo. CLASSIFICAÇÃO FINAL MASCULINOS: Iskander Yadgarov | Russia | 1:04:16.3 Helio Gomes | Sporting Clube De Portugal | 1:04:31.2 Fabio Oliveira | Guilhovai | 1:04:58.1 CLASSIFICAÇÃO FINAL FEMININOS: Solange Jesus | Clube Desportivo Feirense | 1:12:11.5 Susana Godinho | Clube Desportivo Feirense | 1:12:23.8 Carla Martinho | Recreio Desportivo De Agueda | 1:13:07.11

AP DONA ANINHAS: será assim o novo hotel de Viana do Castelo

Vai designar-se AP Dona Aninhas o hotel de quatro estrelas que está prestes a nascer no edifício do antigo hotel Viana Sol, no Largo Vasco da Gama, no centro histórico de Viana do Castelo. Com 64 quartos e suites, esta é a primeira unidade na região Norte de Portugal do grupo AP Hotels & Resorts, de António Parente, natural de Viana do Castelo. Fotos: retiradas do site https://donaaninhas.com

Viana de Outros Tempos

Assim era a Praça da República nos anos 60 do século XX. Espólio de Severino Costa | Arquivo Municipal de Viana do Castelo

Bom dia, Viana do Castelo!

Começar bem a manhã, pela zona ribeirinha.