As árvores já não morrem de pé

Hoje de manhã,  eram já duas dezenas os plátanos abatidos na Avenida do Cabedelo, em Darque, Viana do Castelo, para permitir a construção de uma rotunda, prevista na última fase dos acessos ao porto de mar da cidade. 
A construção da rotunda está parada desde 11 de setembro.
Inicialmente, foi embargada pela Associação de Moradores do Cabedelo que, entretanto, chegou a acordo com a autarquia, mediante contrapartidas.
Em outubro, o PAN avançou com uma providência cautelar junto do Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga (TAFC) para travar o corte de 30 dos 170 plátanos existentes nos 628 metros da avenida do Cabedelo.






Comentários

Mensagens populares deste blogue

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Programa da Romaria de 2021 com momentos ‘online’ e eventos com público

41ª Feira do Livro de Viana já tem data e programa

Projeto de 1ME quer reabilitar Castelo quatrocentista de Viana do Castelo - TPN

Com o Atlântico mesmo ao lado