Abandono e degradação do património

É lamentável a falta de preservação e o estado de abandono do Castelo de Santiago da Barra. É urgente conter o avanço da degradação evidente deste património histórico da cidade de Viana do Castelo.

O interior do castelo é um matagal. As muralhas estão em grande parte cobertas de plantas. Há falta de segurança na Torre da Roqueta (parte do corrimão já não existe e faltam pedras no chão do cimo da torre, que pode originar a queda de vários metros de altura a alguém mais distraído). O próprio edifício sede da TPNP está rodeado de mato, parece abandonado.

A Turismo do Porto e Norte de Portugal, entidade responsável pela promoção turística local e regional da região Norte do país, tem a sua Sede no interior do Castelo de Santiago da Barra, que lhe foi cedido pelo Estado, a título precário e gratuito em 1983. A TPNP, como “dona” do Castelo, ao não conservar o espaço dá um mau exemplo, e não contribui em nada para a promoção turística da cidade.











Comentários

Mensagens populares deste blogue

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

41ª Feira do Livro de Viana já tem data e programa

Projeto de 1ME quer reabilitar Castelo quatrocentista de Viana do Castelo - TPN

Programa da Romaria de 2021 com momentos ‘online’ e eventos com público