Abandono e degradação do património

É lamentável a falta de preservação e o estado de abandono do Castelo de Santiago da Barra. É urgente conter o avanço da degradação evidente deste património histórico da cidade de Viana do Castelo.

O interior do castelo é um matagal. As muralhas estão em grande parte cobertas de plantas. Há falta de segurança na Torre da Roqueta (parte do corrimão já não existe e faltam pedras no chão do cimo da torre, que pode originar a queda de vários metros de altura a alguém mais distraído). O próprio edifício sede da TPNP está rodeado de mato, parece abandonado.

A Turismo do Porto e Norte de Portugal, entidade responsável pela promoção turística local e regional da região Norte do país, tem a sua Sede no interior do Castelo de Santiago da Barra, que lhe foi cedido pelo Estado, a título precário e gratuito em 1983. A TPNP, como “dona” do Castelo, ao não conservar o espaço dá um mau exemplo, e não contribui em nada para a promoção turística da cidade.











Comentários

Mensagens populares deste blogue

Enorme máquina giratória vai “triturar” mais de 15 mil toneladas de materiais dos 13 andares do prédio Coutinho

Laboratório do mar com minissubmarino e aquário abriu em Viana do Castelo

Morreu a ''PALMIRINHA''

Já começou o Natal em Viana

Passagens de nível que já não existem