Avançar para o conteúdo principal

TEATRO EM VIANA: As peças a não perder em outubro


Em família ou sozinho, qualquer uma destas cinco peças são uma boa oportunidade para fugir à rotina e apoiar a cultura.

Assim, para que se possa organizar, listo as cinco peças de teatro às quais pode assistir neste mês de outubro no Teatro Municipal Sá de Miranda, em Viana do Castelo:

GOSTAVA DE ESTAR VIVA PARA VÊ-LOS SOFRER
1 outubro 2021 | Sexta-feira | 19h00
Sala Principal do Teatro Municipal Sá de Miranda
CRIAÇÃO: Companhia Teatro de Braga
PREÇO BILHETES: 4 a 10€

SINOPSE
Não quero que ninguém me conforte”, com estas palavras Emma resiste ao esquecimento e mitiga a sua própria amargura, causada por todas as perdas que lhe provocaram as guerras. Trazer Max Aub ao palco é uma oportunidade para fazermos muitas perguntas sobre Identidade, sobre o que somos e o que perdemos, cada vez que ignoramos aqueles que foram forçados a deixar o seu país e a sua vida. E assim serem condenados à prisão perpétua do esquecimento. – Ignácio Garcia

MILAGRE NO CONVENTO DE SANTA MARIA JOANA
(Festival Transfronteiriço de Teatro Amador – PLATTA)
8 outubro 2021 | Sexta-feira | 21h00
Pela ATAL – Associação de Teatro Amador de Lanheses
Sala Principal do Teatro Municipal Sá de Miranda
Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete

SINOPSE
Na loja conventual cujas vendas financiam as boas obras das irmãs ervanárias, o famoso elixir de Santa Maria-Joana perdeu todo o esplendor que um dia teve, ao ponto de pôr em risco a economia desta peculiar comunidade. Felizmente ou infelizmente, a Irmã Ana, que estava encarregada da destilaria do convento, morre, o que levará à chegada da Irmã Celeste, uma freira revolucionária noviça que a substituirá nesta delicada posição. A Irmã Celeste conseguirá renovar a fórmula do elixir que dá nome ao convento e decidirá acrescentar uma erva misteriosa à preparação. O sucesso espetacular da nova confeção atrairá para o convento os jovens da aldeia, o ocasional comerciante desonrado e até mesmo um oficial da Lei. Será este o último milagre de Santa Maria Joana?

LA PRINCESA CONSTANTE
(Festival Transfronteiriço de Teatro Amador – PLATTA)
9 outubro 2021 | Sábado | 19h00
Pela companhia La Nómada Teatro (Salamanca)
Sala Principal do Teatro Municipal Sá de Miranda
Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete

SINOPSE
Dois seres deteriorados encontram um livro de Calderón e decidem reviver as desventuras da Infanta Fernanda, presa em Fez: se entregasse Ceuta aos seus inimigos, sairia da prisão e voltaria a gozar de uma vida desafogada. Perante essa situação difícil, Fernanda não hesita em desafiar o poder magnânimo da Rainha e a pressão do seu amigo Muley, tomando uma decisão que hoje seria impensável: ajudar o próximo em troco de uma doença que a levará à morte. 

BALBORDO
(Festival Transfronteiriço de Teatro Amador – PLATTA)
10 outubro 2021 | Domingo | 16h00
Pelo Cavort Teatro (Santiago de Compostela)
Sala Principal do Teatro Municipal Sá de Miranda
Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete

SINOPSE
Cavort Teatro apresenta uma peça original onde, através de quatro personagens e sete cenas, temas como o amor, a falta de amor, a fidelidade, a falta de liberdade, o suicídio, a desesperança, a morte ou a doença convidam, de forma lúdica, o espetador à reflexão.

FUTEBOL
16 outubro 2021 | Sábado | 19h00
Sala Experimental do Teatro Municipal Sá de Miranda
CRIAÇÃO: Teatro Regional da Serra do Montemuro
PREÇO BILHETES: 4 a 10€

SINOPSE
FUTEBOL é um diálogo entre o jogo teatral e a ludicidade de um desporto de  massas. Em cena confrontamos MINORIAS e MAIORIAS, juntando dois universos  aparentemente distantes mas que têm em comum as regras de um jogo, a  indispensável paixão e a necessidade da técnica.
A dramaturgia de FUTEBOL inspira-se nos livros “História Natural do Futebol”  do escritor Álvaro Magalhães – uma obra que mostra o lado ancestral, filosófico  e antropólogico dos jogos com bola – e “Uma História Popular do Futebol”, do  jornalista francês luso-descendente Mickaël Correia – uma investigação que,  através da história do jogo, acompanha a evolução da sociedade e da política, dos  movimentos sociais e culturais desde os finais do séc XIX.

Comentários

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Corte de árvore no Jardim Público

Talvez por se encontrar com problemas, e no sentido de garantir maior segurança aos utentes do Jardim Público Marginal da cidade de Viana do Castelo, está a ser cortada uma árvore de grande porte. Neste que é o espaço verde mais antigo da cidade, datado de 1881, existem mais de 150 árvores, na sua maioria tílias.

Quem vai ao mar avia-se em terra

Tripulação do “Santa Luzia no Monte” no porto de pesca de Viana do Castelo, a preparar os covos para uma próxima saída para a faina. 

Campo de girassóis chama a atenção em Carreço (Viana)

Um extenso campo de girassóis pinta de amarelo a paisagem na Veiga de Carreço (Viana do Castelo), junto à estrada Nacional 13. Para quem passa por ali é difícil ficar indiferente à imensidão de flores que encanta qualquer um. A beleza é tanta que não falta quem pare por alguns minutos para observar os girassóis e aproveite a paisagem como cenário para tirar algumas fotografias.

Estacionamento selvagem e a indiferença das autoridades em Viana

Esta situação (15 set 2022) acontece no espaço relvado que rodeia o tanque comunitário na zona da Ribeira de Viana do Castelo. Apesar deste espaço estar vedado com pilaretes de madeira (bastou derrubar 1 ou dois), é usado por cada vez mais pessoas, que impunemente cometem estes abusos com as suas viaturas. De salientar que a cerca de 50 metros deste local existe espaço para estacionamento gratuito para dezenas de viaturas.