Avançar para o conteúdo principal

Fogo de artifício da Romaria d’Agonia promete novidades e 100 mil disparos em quatro espetáculos


O fogo de artifício da Romaria d’Agonia de 2023 vai envolver cerca de 100 mil disparos, em quatro espetáculos diferentes, com o habitual destaque para a serenata de domingo, no rio Lima e na ponte Eiffel, trabalho este ano a cargo da premiada empresa Macedos Pirotecnia.

“A Romaria da Senhora d’Agonia é icónica. Qualquer empresa gostaria de trabalhar para os seus romeiros, desta vez seremos nós a mostrar a nossa arte”, explica Fernando Macedo, diretor comercial e de qualidade e de projetos daquela pirotecnia, da Lixa, que já tinha concorrido à festa vianense, sendo escolhida este ano pela primeira vez.

“O maior desafio é sempre fazer o melhor design para Serenata, pois aí é que teremos todos os romeiros para ver o fogo de artificio à beira-rio. E depois é um espetáculo emblemático, é necessário sempre inovar, temos consciência disso e tentamos fazer o melhor para os melhores”, sublinha.

A Macedos Pirotecnia vai assim assegurar os espetáculos de fogo de artifício nas noites de 17 a 20 de agosto, que incluem o tradicional “Fogo Preso” na sexta-feira e o “Fogo do Meio ou da Santa" no sábado, além da serenata no domingo.

“A serenata terá uma interação mais próxima do público e faremos uma apresentação emblemática da Senhora d’Agonia, que creio que ficará na memória, mas não posso dizer muito mais, senão deixa de ser novidade”, brinca.

No caso do espetáculo de fogo preso, na marginal, que no passado era tradicional nas romarias minhotas, serão representados “elementos que se usavam no passado”, aliados “com alguma tecnologia do presente”.

“Teremos à volta de 100 mil disparos de tiros e descargas pirotécnicas”, avança o responsável da empresa, que recorrentemente, entre outros espetáculos, tem assegurado o fogo de artifício da passagem de ano no Funchal, ilha da Madeira.

Entre vários outros prémios nacionais e internacionais, a Macedos Pirotecnia recebeu já este mês, em Montreal, Canadá, o “Júpiter de Bronze” e uma distinção na 37.ª edição do "Montreal International Fireworks Competition", como menção honrosa, “pelas suas iniciativas em contribuir para a projeção ambiental bem como para o desenvolvimento de tecnologias verdes”.

Sobre o fogo de artifício da Romaria d’Agonia de 2023, Fernando Macedo prefere não comparar com os anos anteriores: “Só final de cada espetáculo é que conseguimos saber se essa mensagem passou para o publico ou não, e isso identifica-se na reação do publico”.

MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 7 DIAS

Pela avenida do Cabedelo, Darque

A avenida do Cabedelo, em Darque, Viana do Castelo, com 628 metros de comprimento é ladeada por duas fileiras com cerca de 140 plátanos de grande porte, cujas copas formam um túnel de verdura encantador. Encontra-se a ser requalificada (melhoria das condições gerais de conforto e de utilização dos peões, a valorização da imagem urbana local, a melhoria das condições de escoamento das águas pluviais, bem como a beneficiação, marcação/sinalização rodoviária da via) num investimento de 615 mil euros.

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Bom Caminho

São vários os caminhos que vão dar a Santiago de Compostela, na Espanha, sendo um deles, o Caminho Português da Costa. Viana do Castelo é um ponto de passagem obrigatório para milhares de peregrinos que, cada ano, escolhem rumar a Santiago de Compostela pelo litoral português.

Maior Romaria de Portugal já tem programa

A maior romaria portuguesa apresenta esta quarta-feira o programa oficial de 2024, com nove dias de festa dedicada à Senhora d’Agonia. A edição deste ano da Romaria da Senhora d’Agonia realiza-se de 14 a 22 de agosto, tendo como novidades do programa, a realização do tradicional Desfile da Mordomia, que em 2023 juntou mais de 900 mulheres pelas ruas de Viana do Castelo, no dia 15 de agosto, feriado. Este é um dos quadros mais procurados, na participação e no público para assistir. Pode consultar o programa oficial AQUI .

O serpentear dos passadiços da ecovia em Carreço

Percorrer a pé ou de bicicleta este troço da Ecovia Litoral Norte (constituído por piso em terra batida, pavimento betonado e passadiços de madeira) em Carreço, Viana do Castelo, permite-nos ter sempre uma agradável paisagem enquanto passeamos. De um lado temos a companhia do mar, do lado de terra estende-se a veiga de Carreço e o casario, acompanhados pela Serra de Santa Luzia. A brisa no rosto ou o cheiro fresco da maresia a acompanhar-nos, são sensações únicas que podemos disfrutar enquanto passeamos ao longo do litoral vianense. Uma nota negativa, infelizmente, o vandalismo já passou por aqui. Fotografias captadas ontem, véspera de Natal.