Avançar para o conteúdo principal

Um museu flutuante chamado Gil Eannes

Este emblemático navio encontra-se ancorado há 20 anos (abriu ao público em agosto de 1998) na antiga doca comercial de Viana do Castelo depois de resgatado da sucata e convertido em Navio Museu, por onde já passaram mais de 800 mil pessoas (em 2017, o número de visitantes foi de oitenta e cinco mil).

Um pouco de história:
O Navio Hospital Gil Eannes, construído nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, iniciou a sua atividade como hospital em 1955, apoiando durante décadas, a frota bacalhoeira portuguesa que atuava nos bancos da Terra Nova e Gronelândia. O Gil Eannes, além das funções de navio hospital que lhe mereceu a alcunha de "Misericórdia do Mar", distribuía correio, procedia a abastecimentos em víveres, combustível, apetrechos de pesca e isco, foi rebocador, salva-vidas e quebra gelo: quando um dóri ficava encalhado no gelo, o Gil ia ao local, quebrando o gelo com o seu casco de aço, e abria o sulco de retomo ao barco sinistrado. (...) desempenhou, naturalmente, também as funções de navio capitania, na tradição das "Naus Capitainas" de quinhentos. Desativada a frota bacalhoeira, ficou a apodrecer nas docas de Lisboa, durante muitos anos. 
Em 1998, a Fundação Gil Eannes, considerando-o património cultural e afetivo da cidade, resgatou-o da sucata por cerca de 250 mil euros, após uma inédita campanha que envolveu todos os estratos sociais vianenses.  Em 31 de Janeiro de 1998, foi recebido festivamente na Foz do Lima, onde, depois de limpo e restaurado, foi reconvertido num espaço museológico e aberto ao público, assumindo-se como pólo de atratividade para Viana do Castelo.

Comentários

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Projeto alemão de energia eólica offshore previsto para Viana “chumbado” pelo governo

A BayWa, gigante alemã das energias renováveis, tinha apresentado ao governo português um projeto de cerca de 2,5 mil milhões de euros de investimento, na instalação de um parque eólico flutuante com 30 turbinas, com uma capacidade instalada de até 600 megawatts (MW), ao largo de Viana do Castelo (na Zona Piloto onde já se encontram instaladas as três turbinas que constituem o parque eólico offshore WindFloat Atlantic). O Governo diz que o projeto só é viável noutra área marítima dedicada às renováveis, ainda por definir.

Meia Maratona Manuela Machado | Os vencedores

Correu-se hoje, 22 de Janeiro, a 24ª edição da Meia Maratona Manuela Machado, em Viana do Castelo. CLASSIFICAÇÃO FINAL MASCULINOS: Iskander Yadgarov | Russia | 1:04:16.3 Helio Gomes | Sporting Clube De Portugal | 1:04:31.2 Fabio Oliveira | Guilhovai | 1:04:58.1 CLASSIFICAÇÃO FINAL FEMININOS: Solange Jesus | Clube Desportivo Feirense | 1:12:11.5 Susana Godinho | Clube Desportivo Feirense | 1:12:23.8 Carla Martinho | Recreio Desportivo De Agueda | 1:13:07.11

AP DONA ANINHAS: será assim o novo hotel de Viana do Castelo

Vai designar-se AP Dona Aninhas o hotel de quatro estrelas que está prestes a nascer no edifício do antigo hotel Viana Sol, no Largo Vasco da Gama, no centro histórico de Viana do Castelo. Com 64 quartos e suites, esta é a primeira unidade na região Norte de Portugal do grupo AP Hotels & Resorts, de António Parente, natural de Viana do Castelo. Fotos: retiradas do site https://donaaninhas.com

Viana de Outros Tempos

Assim era a Praça da República nos anos 60 do século XX. Espólio de Severino Costa | Arquivo Municipal de Viana do Castelo

Bom dia, Viana do Castelo!

Começar bem a manhã, pela zona ribeirinha.