Avançar para o conteúdo principal

Vai avançar a reabilitação de antiga carruagem do Funicular de Santa Luzia

No passado dia 15 de março foi assinado o contrato para a realização da empreitada relativa à reabilitação de uma antiga carruagem do Funicular de Santa Luzia. A obra inclui ainda o arranjo paisagístico da área envolvente à carruagem, que se encontra estacionada nos terrenos da estação superior, junto ao Santuário do Sagrado Coração de Jesus.
O preço contratual da obra atinge os 16 991,80 €. A empreitada deverá ficar concluída em 40 dias, a contar da data da sua consignação.

BREVE HISTORIAL DO FUNICULAR DE SANTA LUZIA 

Construído por iniciativa do empresário e engenheiro portuense Bernardo Pinto Abrunhosa, o Elevador de Santa Luzia foi inaugurado a 2 de junho de 1923, através da Empresa do Elevador de Santa Luzia. 

Em 1945 conheceu importantes trabalhos de reparação, nos quais é de salientar a total reconstrução das cabinas. 

Em 28 de Março de 1946, através do decreto-lei n.° 35:561 é classificado definitivamente o caminho de ferro do elevador do Monte de Santa Luzia, que determina também que passará a ser designado abreviadamente como Funicular de Santa Luzia.

A 27 de Julho de 1988 é concessionado a uma empresa da cidade, por um prazo de 10 anos.

A 19 de Abril de 2001 termina a concessão à referida empresa, ficando o mesmo inactivo a partir daquela data, entrando em processo de degradação.

A 28 de Janeiro de 2005 é transferido para o domínio público do Município de Viana do Castelo através do Despacho n°. 90/2005.

Em meados de 2005 é iniciada a empreitada de reabilitação através do Município de Viana do Castelo, com um custo de 2,28 milhões de euros. É renovada a linha, são recuperados os muros que a ladeiam e são instaladas duas modernas carruagens. É ainda construído um trajeto pedonal ao longo de todo o percurso e instalada nova iluminação elétrica.
Características gerais: desnível 160 mt, distância 650 mt, inclinação 25%.







Comentários

  1. Mas os elevadores eram dois .17 março, 2021 13:00

    Numeros redondos 17.000 euros .
    Nao se compreende que alguém responsável nesta área passou ao lado desta peça histórica da cidade .
    Agora a cidade tem de pagar o desleixo daqueles que deviam cuidar do património .

    ResponderEliminar
  2. Braga tem orgulho em ter o funicular mais antigo do mundo .
    Por cá havia dois elevadores um vai ser recuperado o outro ninguém sabe dele ?
    Porquê tanto mistério sobre o assunto ?

    ResponderEliminar
  3. O funicular está a ser alvo de vandalismo .
    A parte exterior do mesmo está aparecer com pichagens e grafites.
    Era simples uma camara video indentificava o autor ou autores das referidas pinturas " rupestres".
    Depois de apanhados , era de os obrigar a fazer a reparaçāo do mesmo .

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais visualizadas nos últimos 7 dias

Escadório de Santa Luzia

A Basílica de Santa Luzia, situada no alto do monte com o mesmo nome, é o monumento mais conhecido e visitado da cidade de Viana do Castelo. Para lá chegar tem três opções: a estrada, o funicular ou o escadório. Quem optar pelo funicular, fará um percurso de 650 metros, vencendo um desnível de 160 metros, numa viagem com duração de aproximadamente 7 minutos. Quem se sentir atraído a ir a pé pelo escadório, terá que subir 659 degraus. Subir esta escadaria não é assim tão difícil, basta ir com calma, parando quando o cansaço aparecer. Veja algumas fotografias do escadório de Santa Luzia.

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Em 2005 era assim...

O Campo d’Agonia / Campo do Castelo num passado não muito remoto. Fotos: Arquivo / Olhar Viana do Castelo

Casa Brasileira a mais antiga confeitaria de Viana do Castelo

A fachada sóbria da “Casa Brasileira”, a mais antiga confeitaria da cidade de Viana do Castelo, “guarda” no seu interior verdadeiras delícias da doçaria tradicional. Fundada por emigrantes no Brasil, que a abriram precisamente no dia 22 de Março de 1902, no edifício onde ainda existe hoje, em pleno centro histórico da cidade, este estabelecimento citadino foi durante muitos anos um ícone dos doces típicos de Viana do Castelo. Mas, como em tudo na vida, esta confeitaria também teve os seus pontos altos e baixos. Os actuais proprietários, Sr. Norberto Martins e D. Maria Graça Ferreira, ex-emigrantes em França, quando em 2004 assumiram a direcção do estabelecimento, encontraram-no com uma deterioração que fazia esquecer os tempos dourados. Aos poucos, foram renovando o espaço e introduzindo nova doçaria de inspiração francesa que, juntamente com a confecção tradicional fez com que o espaço voltasse a ter a fama e a clientela que entretanto tinha perdido. Entre as especialidades serv

Dia de sol em Viana

“A Brasileira”, a confeitaria mais antiga de Viana do Castelo, de portas abertas desde 1902. Rua Sacadura Cabral É sexta-feira!!! Bom fim de semana.