Avançar para o conteúdo principal

Vai avançar a reabilitação de antiga carruagem do Funicular de Santa Luzia

No passado dia 15 de março foi assinado o contrato para a realização da empreitada relativa à reabilitação de uma antiga carruagem do Funicular de Santa Luzia. A obra inclui ainda o arranjo paisagístico da área envolvente à carruagem, que se encontra estacionada nos terrenos da estação superior, junto ao Santuário do Sagrado Coração de Jesus.
O preço contratual da obra atinge os 16 991,80 €. A empreitada deverá ficar concluída em 40 dias, a contar da data da sua consignação.

BREVE HISTORIAL DO FUNICULAR DE SANTA LUZIA 

Construído por iniciativa do empresário e engenheiro portuense Bernardo Pinto Abrunhosa, o Elevador de Santa Luzia foi inaugurado a 2 de junho de 1923, através da Empresa do Elevador de Santa Luzia. 

Em 1945 conheceu importantes trabalhos de reparação, nos quais é de salientar a total reconstrução das cabinas. 

Em 28 de Março de 1946, através do decreto-lei n.° 35:561 é classificado definitivamente o caminho de ferro do elevador do Monte de Santa Luzia, que determina também que passará a ser designado abreviadamente como Funicular de Santa Luzia.

A 27 de Julho de 1988 é concessionado a uma empresa da cidade, por um prazo de 10 anos.

A 19 de Abril de 2001 termina a concessão à referida empresa, ficando o mesmo inactivo a partir daquela data, entrando em processo de degradação.

A 28 de Janeiro de 2005 é transferido para o domínio público do Município de Viana do Castelo através do Despacho n°. 90/2005.

Em meados de 2005 é iniciada a empreitada de reabilitação através do Município de Viana do Castelo, com um custo de 2,28 milhões de euros. É renovada a linha, são recuperados os muros que a ladeiam e são instaladas duas modernas carruagens. É ainda construído um trajeto pedonal ao longo de todo o percurso e instalada nova iluminação elétrica.
Características gerais: desnível 160 mt, distância 650 mt, inclinação 25%.







MAIS VISUALIZADAS NOS ÚLTIMOS 7 DIAS

Pela avenida do Cabedelo, Darque

A avenida do Cabedelo, em Darque, Viana do Castelo, com 628 metros de comprimento é ladeada por duas fileiras com cerca de 140 plátanos de grande porte, cujas copas formam um túnel de verdura encantador. Encontra-se a ser requalificada (melhoria das condições gerais de conforto e de utilização dos peões, a valorização da imagem urbana local, a melhoria das condições de escoamento das águas pluviais, bem como a beneficiação, marcação/sinalização rodoviária da via) num investimento de 615 mil euros.

Trajes tradicionais do concelho de Viana

O Traje de Lavradeira, o Traje de Mordoma, o Traje de Noiva, o Traje de Meia Senhora, Traje de Dó, Traje de Domingar, Traje de Feirar, Traje de Trabalho… são principalmente usados nas diversas festas e romarias que se realizam ao longo do ano, por todo o concelho. É o momento escolhido para se trazer o passado ao presente, vestindo um destes trajes tradicionais.  É durante a realização da Romaria da Senhora d’Agonia que se concentra um maior número de trajes, nomeadamente no Desfile da Mordomia, Cortejo Etnográfico e na Festa do Traje, ocasião para se admirar a beleza e riqueza de todos os detalhes dos tradicionais e coloridos trajes das diferentes freguesias do concelho de Viana do Castelo.  Estes são alguns dos trajes que tive oportunidade de contemplar, durante o Cortejo Histórico-Etnográfico e Desfile de Mordomia das Festas de Viana do Castelo deste ano.

Bom Caminho

São vários os caminhos que vão dar a Santiago de Compostela, na Espanha, sendo um deles, o Caminho Português da Costa. Viana do Castelo é um ponto de passagem obrigatório para milhares de peregrinos que, cada ano, escolhem rumar a Santiago de Compostela pelo litoral português.

O serpentear dos passadiços da ecovia em Carreço

Percorrer a pé ou de bicicleta este troço da Ecovia Litoral Norte (constituído por piso em terra batida, pavimento betonado e passadiços de madeira) em Carreço, Viana do Castelo, permite-nos ter sempre uma agradável paisagem enquanto passeamos. De um lado temos a companhia do mar, do lado de terra estende-se a veiga de Carreço e o casario, acompanhados pela Serra de Santa Luzia. A brisa no rosto ou o cheiro fresco da maresia a acompanhar-nos, são sensações únicas que podemos disfrutar enquanto passeamos ao longo do litoral vianense. Uma nota negativa, infelizmente, o vandalismo já passou por aqui. Fotografias captadas ontem, véspera de Natal.

Enorme “Coração de Viana” de Joana Vasconcelos exposto em Serralves

Uma das obras mais conhecidas e emblemáticas da artista plástica portuguesa Joana Vasconcelos, o "Coração Independente Vermelho”, inspirado no coração de Viana, peça icónica da filigrana portuguesa, está entre as mais de trinta e cinco peças que integram a sua primeira exposição individual em Serralves. A exposição, intitulada “I’m Your Mirror” esteve anteriormente no Museu Guggenheim de Bilbau (Espanha), onde recebeu mais de 640 mil visitantes. Vai estar no Porto, em Serralves, até 24 de junho. A obra "Coração Independente Vermelho”, já esteve exposta no Centro Cultural de Viana do Castelo durante a Romaria d'Agonia de 2014. Joana Vasconcelos foi, nesse mesmo ano, presidente da Comissão de Honra das Festas, tendo participado no cortejo etnográfico e no desfile da Mordomia. Alguns dos trabalhos expostos no Museu e nos Jardins do Parque de Serralves: (Clique na imagem para ver em modo de ecrã inteiro) CORAÇÃO INDEPENDENTE VERMELHO, 2005 | Apresenta-se sob a forma